Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Chavena de Chá das Cinco

Uma chávena de chá, um prato com biscoitos e conversas intermináveis

Chavena de Chá das Cinco

Uma chávena de chá, um prato com biscoitos e conversas intermináveis

06
Nov18

Tag | Músicas do Forno Íntimo

Ora, a ChitChat Girl nomeou-me no outro dia para esta tag que andou a circular muito pelo Instagram das bloggers e youtubers portuguesas. Eu também vi e pensei em fazer, só que como não tenho Instagram do blog, acabei por não o fazer. No entanto, visto que ela decidiu trazer isto para a blogosfera e me nomeou, era mesmo a pedir para eu responder sim à tag.

Então, sem mais demoras, vou responder às maravilhosas das perguntinhas!

 

1. Aquela música que cantavas em frente ao espelho na adolescência

Ora muito bem, eu ainda sou adolescente (por enquanto) e tenho muitas músicas que canto em frente ao espelho, mas para não responder como a ChitChat (essa música era fantástica e se vocês, meus queridos leitores querem saber a resposta dela com a qual me identifico, deiam um saltinho por lá), vou deixar-vos outra música que também não desilude e que aposto que não sou a única a cantar isto.

 

 2. A música que marcou o melhor verão as a Teen

Lá está outra vez outra pergunta acerca da adolescência e bem, como também só me resta mais um verão como adolescente, acho que estou qualificada para responder, não é?

Então, tendo que viajar diretamente ao forno mesmo intímo, porque eu não consigo formular assim uma resposta do nada. Agora, se me pedissem uma música que marcasse o meu verão... vamos lá às vibes de verão...

 

 3. A  música mais ridicula que já ouviste

Epá, eu já ouvi tanta coisa ridícula que até doeu os ouvidos e o bom gosto musical que tenho. Não dá para escolher, é entre a Maria Leal ou esta modinha irritante:

 

4. Música da Disney

Mais uma vez a ChitChat e eu temos um gosto parecido, mas para mim é entre essa ou esta:

 (Há mensagem melhor e que se possa levar para o resto da vida? Bem me parecia)

 

5. Música do Duche

Esta é difícil porque eu tenho toda uma playlist acerca do tema e, ao contrário de maior parte das pessoas, o que ouço no banho depende do meu mood. No entanto, aquela música que eu adoro ouvir no banho durante todo o ano, especialmente nesta altura é sem dúvida esta:

 

6. Música que te faz chorar

Sem dúvida que é uma música muito difícil de engolir e quem passa por certas situações vai entender isto, é mesmo complicado conter as lágrimas quando somos confrontados com estas músicas.

 

7. Música do crush

Eu sou daquelas anormais que não tem um crush, ou se tem, não é nada por aí além. Portanto, é complicado arranjar uma música que se aplique. Enfim, eu gosto desta música e associo-a muito aos meus crushes.

 

8. Música para cantar no carro

Eu sou daquelas que dá o verdadeiro show no carro e vira uma pessoa completamente diferente quando está em jogo cantar no carro. Se encontrarem uma doida no trânsito, provavelmente sou eu.

9. Aquela que dizes que não ouves

Ai esta até me vão querer assassinar, mas eu acho esta música o máximo! Dá-me vontade de rir e diverte-me bué, peço desculpa pessoas normais deste mundo mas a Netta do Toy tem a minha consideração. Enfim, se diziam que eu tinha bom gosto musical, provavelmente já estão a reconsiderar 

 

Enfim, espero que tenham gostado. Eu não vou nomear ninguém porque não sei quem já respondeu nas redes sociais ou não. Portanto, se quiserem responder, é convosco que eu vou ler de imediato ahahahah

Espero que vos tenha animado um bocadinho a manhã, que é para isso que aqui estamos. Portanto, tenham um bom dia e quanto ao chefe ou ao professor chato, pensem que estão quase a meio da semana, ontem faltava mais!

02
Nov18

#3 Sunshine Blogger Award Tag

Ora a JustAnOrdinaryGirl nomeou-me para esta tag pela qual eu tenho um gosto particular em responder, isto porque ainda que siga sempre o mesmo nome, as perguntas são sempre diferentes (independentemente do facto de, por mera coincidência, uma pergunta ou outra se repetirem) e dão sempre muito a conhecer das pessoas que fazem o post. Por isso, agradeço-te imenso a nomeação!

Portanto, e sem me demorar muito, vou responder às perguntas que me deixou e vamos lá ao ponto da questão!

 

1. Qual é o teu maior sonho?

O meu maior sonho é aterrar com o meu helicópetero privativo no meio do pátio do colégio, mesmo ali podendo. Vá, mentira, era uma piadinha seca!

O meu maior sonho é ser uma profissional bem sucedida, mãe, e acima de tudo, feliz e realizada.

 

2. E qual o teu maior medo? 

Eu tenho fobia a insetos, mas penso que não seja isto que a pergunta quer como resposta. Por isso, talvez o meu maior medo seja falhar. Eu tenho um grande medo de falhar, em parte por ser muito perfecionista.

 

3. Como surgiu o nome do teu blog? 

Surpreendentemente e humoristicamente. Foi mesmo assim e no gozo. Eu precisava de um nome e não tinha, então no gozo pus "Chávena de Chá das Cinco" a pensar "Epá, mesmo nome à velhota, nem a Rainha de Inglaterra criava um blog com este nome!". Entretanto, o que era para ser provisório até ao meu primeiro post e durante todo o período de personalização, acabou por se tornar definitivo ao ter-me ficado no ouvido. E pronto, aqui estamos nós hoje, dia 2 de novembro de 2018 (se bem que para mim ainda é dia 30 de outubro. Lá está a internet a fazer a sua magia negra).

 

4. Qual foi a melhor coisa que teres um blog te trouxe? E a menos boa?

A melhor coisa foi a experiência e também as pessoas, como é óbvia. O eu criar um blog deu-me uma noção de um mundo para lá daquele que eu conhecia e que eu nunca teria conhecido se não tivesse sido maluca, acordado e atirado-me de cabeça. Mas foi isso que eu fiz e hoje estou aqui, quase um ano depois, mais que satisfeita com esta decisão (nunca pensei que duraria tanto tempo, dava no máximo um mês. Ai agora pareço aquela que se arma em adivinha e avalia o tempo de duração dos casais tipo aposta. Wtf...). 

Quanto à coisa menos boa (até porque não considero nada disto mau), foi outra visão das pessoas do lado de lá. Apesar de a comunidade da blogosfera em si ser mais que cinco estrelas, alguns comentadores são mesquinhos e por vezes desagradáveis. Foi algo que não gostei muito, mas que até foi bom para eu conseguir aprender a lidar com este tipo de situações. No fundo não houve nada muito mau, se muito pode também ter sido a minha falta de disponibilidade que também tinha uma falta de organização elevada pelo meio (já melhorei, ainda que seja uma autêntica desorganização).

 

5. Se pudesses voltar atrás no tempo e mudar uma coisa, o que mudarias?

É muito difícil pensar nestas coisas, até porque nos leva a uma introspeção na nossa vida e em nós mesmo, o que é bastante profundo. Mas como eu gosto destas coisas, vou fazer na mesma e vou partilhar com vocês que, se eu pudesse voltar atrás no tempo, eu teria sido mais cuidadosa com as pessoas que me rodeiam. Hoje eu sei isso, mas na altura eu era mais ingénua ou mesmo apenas inocente, o que me levou a arrepender-me mais no futuro.

 

6. Qual foi a coisa que mais te arrependes de ter feito?

Poderia completar com a resposta acima, mas não abriria um pouco mais da Lotinha, que vocês tanto estão curiosos para conhecer. Portanto, assim algo que eu me arrependo amargamente de ter feito foi, sem margem para dúvidas, ter deixado que me usassem como brinquedo (como já falei melhor noutro post). Nunca devia ter permitido tal coisa e nunca devia ter permitido que me humilhassem da maneira como fizeram, independentemente de quem sejam as pessoas, é algo que nunca se pode fazer. Não podemos compactuar com tais atos, pelo nosso próprio bem e pela defesa em tudo aquilo que acreditamos.

 

7. Se alguém fizesse um filme sobre ti, como seria (história, alguma personagem, título, género...)

Esta é uma pergunta curiosa, até porque já partilhei que uma amiga minha e eu estamos a elaborar uma história cuja personagem principal é inspirada em mim.

Agora, se alguém fizesse um filme sobre mim provavelmente seria uma mistura de géneros, mas acima de tudo mostraria um lado muito mais pessoal meu que eu evito que transpareça muito para os meus posts, mas que por vezes é inevitável que isso aconteça.

Provavelmente falaria brevemente da minha infância e exploraria muito a minha adolescência e tudo aquilo pelo qual tive que passar (e não me estou a queixar), a personagem seria a Charlotte ou a Carlota mesmo, e o título... seria inspirador, mas não me ocorre nada que merecesse essa importância na minha história.

 

8. Se só pudesses comer três coisas para o resto da tua vida, o que escolherias?

Pizza de chourição e extra queijo, ovos (cozinhados de todos os tipos) e esparguete. Eu sou viciada e, ainda que fosse enjoar ou mesmo correr riscos de engordar, tenho fé que no universo paralelo em que isso se tornaria realidade, tal barbaridade não fosse acontecer.

 

9. O que serias capaz de fazer para ajudar um amigo que estivesse metido nalgum problema mesmo complicado?

Infelizmente já perdi amigos para problemas muito complicados, questões essas que não tenho o direito, ou das quais quero sequer falar sobre. No entanto, eu sou daquelas pessoas que era capaz de ir muito longe por um verdadeiro amigo. Nem todas as pessoas são capazes de se comprometer como eu, quando o assunto é a amizade. Provavelmente ia até às últimas consequências mesmo, ainda que me fosse detestar na altura, ir-me-ia agradecer um dia. Não sou capaz de compactuar com algo que os possa tirar de mim.

 

10. Como descreverias o teu par ideal?

Ai, eu adoro estas perguntas! Pois então, o meu par ideal é um rapaz com ação, romântico mas nada de lamexices, alguém que não fosse de demonstrações de afeto públicas, que tivesse um bom sentido de humor e que, acima de tudo, percebesse que haviam limites e respeitasse esses limites. Agora, confesso que sou das dos bad boys. Como diz a música All good boys go to heaven, but bad boys bring heaven to you.

 

11. Se só pudesses, durante um ano, ouvir 5 músicas, quais seriam?

Do I Wanna Know dos Artic Monkeys, Nobody's Home da Avril Levine, I Think I'm in Love da Kat Dahlia. The Hills do The Weeknd e Alive da Sia. Foi uma escolha difícil e eu decidi escolher uma música para diversas ocasiões. Agora, estas estão longe de ser as minhas favoritas, bem longe.

 

Ora, chegou à minha altura de colocar as mágicas 11 perguntas que os 11 desgraçados que vou nomear vão ter que responder. Preparem-se pobres coitados porque terão que contar timtim por timtim todos os detalhes para estas respostas:

 

1. Preferias que os outros te pudessem ler os pensamentos ou que tu fosses obrigado(a) a dizer tudo aquilo que te viesse à cabeça?

2. Qual é aquela série que podias rever 1000 vezes e ainda assim gostar tanto como da primeira vez?

3. Qual é/era a tua disciplina favorita na escola?

4. Qual foi aquela coisa que sempre quiseste mas nunca tiveste?

5. O que é que comes ao pequeno-almoço?

6. Qual a tua festividade favorita?

7. Qual a tua cor favorita?

8. Preferias ficar sem telemóvel ou sem computador?

9. Se pudesses viajar no tempo para que altura viajarias?

10. Descreves-te como leitor(a) voraz?

E agora a 11ª e a verdadeira, grande, derradeira pergunta...

11. Instagram ou Snapchat?

 

E pronto, os 11 desgraçados que vão ter que responder a esta tag são a ChitChat Girl, a Sofia, a Maria, a Mariana, a Inês Brito, a Lara Raquel, o Gonçalo, o Pinguim, a Raquel, a Marta e a Mary Jane.

Espero que tenham ficado a conhecer um pouquinho mais aqui a personalidade por trás do ecrã e tenham uma boa sexta-feira. Só mais umas horas de trabalho e outras quantas no trânsito e estão finalmente em casa! Yupi!

24
Out18

Tag | 50 Perguntas

Ora, tenho duas boas notícias para vocês durante esta manhã na qual muitos de vocês estão agora a começar a trabalhar ou já estão na escola, a não ser que sejam dondocas de Cascais ou da Foz e que pronto, a vossa profissão seja esbanjar dinheiro. Pronto, seja como for, se esse for o caso, estas duas notícias acabam por se aplicar a vocês. 

Hoje é quarta-feira caso ainda não tenham reparado (mas de certeza que se forem comuns mortais que andem nas lonas e precisem de trabalhar para sobreviver já se deram conta quando cortaram menos um dia no calendário para o sábado), o que significa que dois dias da semana já fora, o que é ótimo! A parte má é que pronto, ainda faltam mais dois, mas vá, vocês são fortes e conseguem (e com vocês incluo-me a mim, que estou neste momento a morrer consideravelmente). Ah pois, se és uma dondoca as notícias são ao contrário, primeiro a má e depois a boa, isto porque acho que ter os filhos em casa durante dois dias a chatear-te a cabeça e o marido que está disposto a cobrar-te atençaõ, fazendo com que sejas incapaz de ir esbanjar o resto do dinheiro no El Corte Inglés. Mas hey, na próxima semana volta tudo a acontecer, por isso anima-te!

Vá, acho que deu para perceber que isto foi todo um conjunto de piadinhas para alegrar a vossa quarta-feira e dado que isso não foi o que aconteceu até porque de piada ou só tenho a mania que tenho piada, trago-vos uma tag para a qual a nossa querida Maria me nomeou. Obrigada por te lembrares de mim, faz-me sentir importante (brincadeira, hoje ando demasiado brincalhona. Tão brincalhona ao ponto de fazer piadas com a palavra engraçosa). Mas pronto, como já devem estar cansados de me ouvir, então vamos lá à tag propriamente dita!

 

50 perguntas.png

 

1. O que mais odeias em ti?

Há muita coisa que eu odeio em mim, mas fisicamente talvez seja aquele pedaço de banha ao qual chamam de barriga, e psicológicamente é, sem dúvida, o meu feitio complicado.

 

2. Peso

Como já sabem, estou num processo complicado de perda de peso e, neste momento, estou a cerca de 6kg do objetivo, logo não vou dizer porque quero surpreender-vos e fazer um post todo sobre o assunto em causa. Portanto, ficarão no vácuo...

 

3. Se pudesses visitar qualquer lugar no mundo onde é que irias e por quê?

Provavelmente iria à Austrália, a Nova York ou talvez a Oslo. Adoro a realidade dos países nórdicos e cada vez mais me têm vindo a despertar interesse.

 

4. A última coisa que te fez chorar

Uma pancada de uma bola de basquetebol nos pontos... ai se eu pudesse matar aquela professora por me ter mandado para o meio do campo, deixando-me apenas a hipótese de, caso não fosse, estaria tramada...

 

5. Se pudesses voltar atrás no tempo, o que mudarias?

As minhas escolhas, pelo menos algumas. Eu sou daquelas pessoas que faz péssimas escolhas em T-U-D-O!

 

6. Eu não vou morrer sem…

Mostrar a todos os que nunca acreditaram que eu seria alguém, que eu era tão ou mais capaz que eles.

 

7. Quanto tempo levas para ficar pronta para sair?

Tudo isto depende muito do que eu tenho para fazer, de com quem vou sair e o que vou fazer. Obviamente que para ir sair com as amigas a meio da tarde, me começo a arranjar logo de manhã. É o que dá ser atrasa...

 

8. Último lugar que estiveste

Se com lugar querem dizer cidade, então foi provavelmente o Alentejo. Caso contrário, foi o Hospital (isto tirando a casa).

 

9. Comida favorita

Sem dúvida que a minha comida calórica favorita é pizza de extra-queijo e quanto a isso não há mais a dizer!

 

10. Comida que não comes de forma alguma

Peixe e pronto, acabou. Nunca na vida!

 

11. Música do momento

Snap Out of It dos Artic Monkeys.

 

12. Vivo perdendo…

Juízo... que era aquilo que devia ganhar neste momento.

 

13. Uma frase…

"Everyone you meet is a fighting battle you know nothing about. Be kind. Always", Noora Saetre for life!

 

14. Último concerto a que foste

Foi ao Marés Vivas, mas concerto a sério penso que o último foi o dos DAMA.

 

15. Última mensagem no whatsapp

"As melhoras"

 

16.  Última vez que te stressaste

Eu passo a vida stressada, eu nasci stressada. Enfim, mesmo à la criatura.

 

17. Tira uma selfie e mostra 

Vocês bem queriam, mas ele não tira!

 

18. Uma música com a palavra AMOR

Não precisa de ser necessariamente escrita, mas se tivesse que escolher era Sweet Child O' Mine dos Guns N' Roses.

 

19. O que é feio, mas que tu achas bonito?

Os meus ex-namorados. É impressionante, ninguém os acha bonitos, apenas eu.

 

20. Mostra a última foto do teu instagram

Vocês bem que queriam vê-la, mas isso não vai acontecer por agora... (sim, pode ser que em breve eu faça uma face revealwe never know...)

 

21. Uma frase que a tua mãe diz sempre

"É sempre a mesma coisa, Carlota! Até irrita! Sai-me da frente!"

 

22. Eu estou...

Com falta de roupa e de tempo... tenho que ver se trato desse assunto...

 

23. Eu sou...

Muito descarada podemos dizer, é acho seguro dizer isso. Como diz a Helena Coelho e com muita razão "Sem vergonha nasci eu"

 

24. Eu quero...

Ir às compras, preciso de collants, de calças, de saias, de vestidos, mas no meio disso tudo e, não sendo menos importante, preciso de maquilhagem nova!

 

25. Ser amigo é...

Estar sempre lá e fazer a amiga passar vergonhas inimagináveis que a acabam por fazer ter as melhores experiências da vida dela.

 

26. Quando morreres...

Já não acordo, daaa

 

27. Um livro

Ou "O Fim da Inocência" ou "DUFF", sem dúvida alguma.

 

28. Um filme

Risky Business ou Clube dos Poetas Mortos (decisão difícil, já que Baby Driver também bate forte cá dentro)

 

29. Uma meta a cumprir este ano

Tirar boas notas e sobreviver sem ter um esgotamento nervoso. Obrigado, Amén.

 

30. Queria ser uma formiga para…

Eu não queria ser uma formiga, portanto já foste. Odeio formigas, tenho medo de formigas, argghhh só de pensar!

 

31. Calças ou vestidos?

A poder escolher preferia calções ou saias, mas se tem mesmo que ser, provavelmente vestidos, dependendo do corte. Se for um corte que não me agrada, vamos lá à prisão de pernas aka calças!

 

32. O que te faz feliz na TPM?

Eu não sou uma criatura muito feliz na TPM, mas se me derem maquilhagem à pala ou pizza de extra queijo e chourição, sou um ser humano muito feliz.

 

33. Sê feliz ou...

Sê triste... sei lá! Não percebi esta pergunta...

 

34. Queria ser...

Rica, rica e... rica! Mentira, quer dizer, também era fixe, mas acima de tudo gostava de ser blogger e trabalhar na área, até porque acabaria por deixar de ser um trabalho, visto que me faria muito mais feliz e seria muito mais gratificante que qualquer outra profissão que eu pudesse ter.

 

35. Queria ter...

20 a Matemática A, mas por este andar vou-me ficar pelo 10 mesmo.

 

36. Se eu fosse homem (mulher)...

Trocava de sexo. Gosto mesmo, mesmo muito de ser mulher e não trocava por nada (nem naqueles dias em que o período incomoda horrores, nem aí)!

 

37. Uma pessoa que tens/queres conhecer pessoalmente

Provavelmente escolheria conhecer a minha alma gémea, cara metade, não interessa. Não sou daquelas que sonha em conhecer um famoso, preferia conhecer o desconhecido que vai acabar por completar a minha vida de um certo modo, num futuro que pode ser próxima ou mais longínquo (apesar de pensar que já cheguei a conhecer, mas isso aí nem comento porque não sou de imaginar e fazer fretes com essas coisas).

 

38. Cerveja é...

Epá, bebe-se. Bebestível, isso mesmo (eu sei que a palavra provavelmente não existe, mas fiquemos por aqui).

 

39. Na noite passada...

Adormeci relativamente cedo. É o que eu digo, uma pessoa tenta lutar mas chega àquela horinha e não dá mesmo, a fabrica fecha e depois só a meio da noite ou no outro dia de manhã!

 

40. Poderia ficar horas...

A ver séries, nomeadamente remakes de SKAM e séries do género. Adoro, adoro, adoro!

 

41. Uma careta...

A careta à qual chamo "bebé recém-nascido", consiste em ficar com a cara toca encorrilhada e os olhos todos fechados e esquisitos.

 

42. O teu lema

Viver a correr para aos quarenta morrer. Não questionem, aprendi-o do meu pai e assim ficou. O que significa? Isso é uma história para outra altura!

 

43. Morres de medo de...

Bichos e insetos no seu geral. Odeiooo!

 

44. Darias tudo para...

Saber o que o futuro me reserva, gostava de saber algumas coisas. Por outro lado, perderia a piada, mas olhem #esloquehay

 

45. O teu maior defeito que é uma grande qualidade

O facto de reclamar muito. É um defeito, mas ao mesmo tempo uma qualidade. O facto de eu não ter o filtro deixa-me em situações complicadas, mas ao mesmo tempo abre-me outras portas. Por exemplo, nunca ninguém me ficou a dever dinheiro!

 

46. A tua maior qualidade que é um defeito

A minha habilidade para o discurso. O que é bom, é bom na medida certa. O problema é que eu chego a um ponto em que sinto que tenho legitimidade de mandar postas de pescada acerca de variados temas e, muitas vezes, ponho o pé na argola. Maior parte das vezes não é intencionalmente, simplesmente acontece...os peixes morrem pela boca e as Carlotas também.

 

47. Uma blogger que tu admiras e 3 qualidades dela

Eu poderia falar da amiga Sofia, mas como vocês já estão cansados de saber o que admiro nela, vou inovar. Outra blogger que eu admiro imenso é a Mariana. Apesar de não a conhecer muito bem, os posts dela, a maneira de ela comunicar... mostram que ela é uma pessoa humilde, com caráter e, acima de tudo muito genuína. Nota-se que faz o que faz porque gosta, não porque está atrás daquela fama fácil, sabem? Merece todo o reconhecimento que tem vindo a ter, sem dúvida um modelo a seguir.

 

48. Que horas são?

Ora, neste momento são 11:15 do dia 20 de outubro (as maravilhas da internet a fazer a sua magia)

 

49. 5 palavras com a letra V

Epá, assim muito de repente penso em vlogs (Alice Trewinard cof cof), vinil (#hipstering #vintaging), Vilde (Skam fans all the way #skamportugal), viagens e Volvo (nem questionem, a sério).

 

50. Indique 5 pessoas para essa TAG!

Ora muito bem, lamento imenso por ter que vos fazer passar por esta agonia, mas vocês leram, portanto sabem que não tenho escolha! Portanto, nomeio a Inês, a Daniela, a Helena, o Gonçalo (que tem do conteúdo mais fixe que eu já li) e a Lara (que é nova na vizinhança, já agora bem-vinda!). Se não foram nomeados e querem responder, podem "roubar" a tag (mas identifiquem-me para eu também poder ir dar um saltinho ao vosso cantinho e ler as vossas respostas). Sim, porque sou boa pessoa e deixo-vos, mas só desta vez, está bem?! (gostaram deste tom à menina mimada das Bratz? Btw, quem é que se lembra das Bratz?)

20
Out18

Tag | Os meus 10 segredos de maquilhagem

Durante os últimos tempos fui nomeada para algumas tags, o que é a razão pela qual vos trago as respetivas e amadas do coração. Ora, a primeira para a qual fui nomeada foi esta que se trata (como já deu para perceber pelo título) de algo que quem me segue há mais tempo sabe que eu adoro - maquilhagem.

Por essa razão, agradeço imenso à Sofia por me ter nomeado e aproveito para pedir mil desculpas por ter demorado tanto tempo em responder (provavelmente não foi taaanto assim, mas eu senti que foi, visto que sou a pessoa que responde straight away).

Com isto, vamos lá à maravilhosa da tag (notem o entusiasmo! Chega a ser ridículo, eu sei).

 

make up.png

 

1- Com quem é que aprendeste a maquilhares-te?

Para ser sincera, no fundo aprendi sozinha. A minha mãe nunca quis que eu usasse maquilhagem e não me deixava sequer comprar, por isso mesmo é que a minha coleção não é propriamente abrangente. No entanto, penso que me libertei dessas algemas (ou pelo menos tenho vindo a tentar, ao longo dos tempos) quando vi um vídeo da Acacia Brinley, no qual ela fez uma full glam make up. Foi com ela que aprendi, e depois claro, a ver um vídeo aqui e ali (sendo que também aprendi algumas coisas sozinha).

 

2- Quais são as youtubers de maquilhagem que mais te inspiram?

Como já disse anteriormente, Acacia Brinley (agora que casou Acacia Kersey, mas ainda conhecida como Acacia Brinley ou Acacia Clark), mas também me inspiro imenso na Helena Coelho. A Acacia Brinley como mãe, acaba por ser mais vaga no momento e tem vindo a mostrar looks mais vintage e também mais simples e casuais (não censuro nem u pouco, ou trocas a fralda à miúda e tomas um banho, ou estás preocupada em arranjar a criança e fazer a full glam make up). 

Quanto à Helena Coelho, foi a amiga Sofia que me viciou. Este ano comecei a acompanhar o trabalho dela com mais atenção e adoro. Primeiro adoro a personalidade, segundo identifico-me imenso, terceiro sou uma aspirante a make up artist (deixem uma jovem adolescente sonhar em paz, ok?!).

 

3- Quando o teu produto favorito acaba, compras um igual ou tentas procurar produtos novos?

Vai depender do quanto eu gosto dele. Penso que de todos os produtos que gastei até ao fim, aquele que mais troco são as máscaras de pestanas. Talvez porque ainda não encontrei a tal e, por isso, vou procurando aquela que me convence mais no mercado (e que eu, pessoa de 16 anos cujos rendimentos são a mesada encurtada que os pais dão, pode comprar). 

No entanto, se eu gostar de um produto a sério, eu renovo o stock. Caso aquele não tenha o meu coração guardado, dou oportunidade a outra marca para em mostrar aquilo que vale.

 

4- Um produto que toda a gente tenha elogiado e, quando testaste, odiaste?

Penso que sempre fui muito sortuda neste aspeto, isso ou talvez tenha extremo cuidado nestas coisas. Eu geralmente só me deixo ser influenciada se realmente olhar para aquilo e conseguir imaginar-me a usar aquilo para o resto da vida até ao fim dos meus dias (até aparecer outro produto que me vá convencer mais). No entanto, um produto que detesto profundamente são os rímeis da Kiko (mesmo péssima experiência com eles).

 

5- Um produto que jamais substituirias

Sem dúvida o meu batom vermelho da Kiko, mesmo que a minha cara pareça um verdadeiro panda dada a evidência das minhas grandes olheiras, o batom vermelho é a minha imagem de marca, até porque aqui a criatura é branca que nem a branca de neve.

 

6- Maior erro que já cometeste na tua maquilhagem

Tirem-me daqui porque acho que de me lembrar, até me dá naúseas. Então, assim quando eu comecei, eu achava que usar BB Cream na cor mais clara o tornava a minha cor (mentira), então agora pensem nisso juntamente com um corretor clarinho... exato, medo.

Portanto o meu maior erro era não saber reconhecer a minha cor, sem dúvida alguma mesmo!

 

7- As tuas 3 marcas favoritas de maquilhagem 

Gosto da Kiko, gosto da Maybelline e gosto, sem dúvida alguma, da marca da Sephora propriamente dita. Marcas boas e relativamente baratas, o que a minha carteira agradece milhões!

 

8- Qual é a tua opinião sobre o uso da maquilhagem?

Tal como já referi várias vezes antes, eu adoro a maquilhagem. Não associo o seu uso a uma forma de esconder aquilo que não gosto em mim por insegurança, mas sim porque quero melhorar e gosto muito. Aliás, estou como a Helena Coelho. Primeiro maquilhar e apenas depois comer, porque comer come-se qualquer coisa em qualquer lado, e maquilhar não é bem assim (claro que não aplico sempre, mas maior parte das vezes esta é A filosofia de vida).

No entanto, isto é um assunto que merece uma abordagem diferente, o que é algo que quero partilhar num post individual. Ficam, ainda assim, com a ideia que não tenho nada contra e que acho que pode ser algo bastante positivo.

 

9- Se ganhasses 200€, quais eram os produtos que comprarias?

As Paletas da Naked, mas como dessa forma acabaria num instante com o dinheiro, comprava a Naked Heat, comprava a máscara de pestanas BANG da Benefit, um batom ou outro da Clinique e, o grande corretor de olheiras da Nars. Claro que gostaria de comprar muitas outras coisas, mas estas estão no coração. Estas e um iluminador da Becca, como é óbvio.

 

10- Usas maquilhagem todos os dias?

Não, ainda que gostasse. Sucede-se que, agora que tenho franja, não tenho tempo para tudo (e tenho mesmo que tratar dela porque acordo a parecer sabe-se lá o quê. Quem tem franja entenderá). Com isto, e dado o facto que o calor faz com que derreta, não me tenho dado ao trabalho, o que é algo que pretendo voltar a fazer em breve. Isso e ir às compras de maquilhagem... já não vou há muito tempo...

 

Enfim, esta foi a tag. Uma vez mais agradeço à amiga Sofia por me nomear e, visto que não estou aqui para forçar as minhas amigas bloggers (acho que nenhum homem da blogosfera se interessa pelo tema, mas vocês é que sabem), deixo a nomeação em aberto e peço que, mesmo que não a façam, me contem um pouco a vossa relação com a maquilhagem, nem que seja o que pensam do seu uso. Tenho curiosidade em saber mais dos pensamentos alheios desse lado.

 

18
Set18

Tag | Sweater Weather

Não sei como anda o estado do tempo por esses lados, mas por terras nortenhas tem andado um nevoeirozito e um tempo que me dá uma vontade de estar em casa de pijaminha e a ver umas séries fantástica! Por outro lado, sou uma daquelas pessoas que adora o tempo outonal, o que significa que pisar as folhas secas é, sem margem para dúvidas, um must do

Perante isto, e ignorando o facto de em alguns pontos do país o tempo de outono ainda estar longe de dar sinal de vida (ou pelo menos assim aparenta ser), eu inicio os meus posts mais relativos à estação (que é das minhas favoritas) com uma tag mais que apropriada para a ocasião - a Sweater Weather Tag.

Tag.png

 

1. Fragrância de velas preferida?

Eu não sou uma candle girl, de todo! No entanto, adoro as velas com cheiro a canela. Sinto que cheiram a casa da avó e pronto... esta e as de baunilha não têm cheiros muito fortes o que me faz sentir melhor (e o meu nariz agradece imenso).

 

2. Café, chá ou chocolate quente?

É assim, não gosto de café puro e nunca provei chocolate quente. No entanto, e apesar de escolher chá no que toca a estes três, faço batota e digo que prefiro leite com café. É o que tenho bebido ultimamente e adoro.

 

3. Muda a rotina de maquilhagem consoante a época quente?

Um pouco. Eu sinto que a maior diferença é que tento evitar muito o corretor durante o verão, visto que o BB Cream acaba por ser mais natural e, convenhamos, menos demoroso a aplicar e dá-me menos trabalho. Já no outono uso e abuso (é mais abuso mesmo) do corretor, visto que não gosto de usar base.

 

4. Chapéus ou lenços?

Eu juro aqui que eu tento e tento ser uma menina de acessórios. Fico mesmo pelo tentar porque acabo por me desleixar muito nessa parte. Não sou uma beanie girl, não porque não gosto, mas porque fico mal. Lenços é aquela coisa que é gira e tal, mas que não consigo ir à Parfois e deixar uma fortuna por (porque para mim lenços é dinheiro mal gasto que prefiro aplicar noutros sítios).

Com isto, se me perguntarem a minha preferência, é sem dúvida os gorros. Fazem a minha vida completa. Apesar de ficar mal, tenho um que por milagre acabou por ficar bem e uso-o sempre que se justifica.

 

5. Camisola que mais uso

Como já é do conhecimento geral por estas bandas (e se não é vai passar a ser), eu não sou uma pessoa de camisolas mas sim de camisas (foi considerado na minha escola que se tivessemos yearbook, eu seria a Rainha das Camisas com especialidade na Camisa às Riscas). Não obstante, vou usando uma camisolinha aqui e ali e uma das minhas favoritas (excluindo a do Colégio) é uma camisola de malha vermelha que conjugo sempre com uma camisa por baixo.

 

6. A cor de verniz que mais uso

Honestamente, nenhuma. Sempre fui muito descuidada com as minhas unhas, mas estou a tentar melhorar esse aspeto. Portanto, a ter que escolher uma cor de verniz, provavelmente ficar-me-ia por vermelho. Eu sei, sou básica.

 

7. Jogos de futebol ou saltar nas folhas secas?

Dada a minha estrondosa habilidade para desportos, nomeadamente futebol, e o facto que revelei no início do post, parece-me que a resposta é bastante evidente - saltar nas folhas secas, pois é claro!

 

8. Calças justas ou leggings?

Ora, para ser sincera, nem uma nem outra. Todos sabem que sou uma miúda de saias, calções e vestidos, calças não é um forte aqui da pessoa. De qualquer maneira, e dependendo da ocasião, dou uso a ambas. Em casa, obviamente leggings podem ser algo admissível, já para ir para a escola optaria por umas calças justas que acabam sempre por fazer o look mais composto.

 

9. Botas ou Uggs?

Eu já tive umas Uggs, foram uma prenda de uma amiga da minha mãe. Usei-as uma vez, uma única vez. Não gosto nem nunca gostarei de Uggs. Lembram-me pantufas de quarto, não calçado de rua. Para além de mais, sou uma amante de botas nata.

 

10. Qual a tua coisa preferida nº1 do Outono?

O cheiro. Pode parecer estranho, mas acreditem que para quem sai cedo entende o porquê de eu dizer isto. Sair em Setembro para a escola é completamente diferente de sair em Junho, o cheiro e a sensação são completamente dispares. Pode parecer estranho, mas eu noto imenso. Se não for isto, pode ser as folhas secas ou a roupa - adoro roupa de Outono/Inverno.

 

11. Música que te põe no mood de outono?

Sweater Weather dos The Neighbourhood. O nome diz tudo, acho eu. Sim, sou #teamindie. Mais pessoal que goste deste tipo de música que se acuse e diga a sua música favorita.

 

12. Como é o outono onde vives?

Como dizia a Sophia de Mello Breyner, é um sítio com muitas nuvens e húmido. Chuvoso e até misterioso, o que lhe dá um encanto especial. Sinto que estou numa espécie de Inglaterra mais quente e sem neve. É frio e ventoso, por vezes de forma contida e agradável, por vezes de forma violenta e desrespeituosa aos cabelos compridos. Depende do mood do S. Pedro que ele é que controla o sistema todo!

 

Por fim, e para terminar a tag, nomeio a ChitChat Girl, a Maria e a Mariana. Para aqueles que não foram nomeados, podem também aproveitar e fazer se quiserem, é sempre bom conhecer outras pessoas melhor através destas tags.

 

 

 

 

 

 

16
Set18

#2 Tag | Sunshine Blogger Award

Como já deu para perceber, estou a querer voltar à minha rotina de blogger, ainda que pouco a pouco. Passo muito mal as noites e os dias são complicados, por isso penso que seja compreensível o facto de não saírem posts todos os dias. Para além de precisar de descansar para me recuperar fisicamente, eu não me sinto criativa e a minha cabeça não está propriamente focada e com uma chuva de ideias recorrente.

No entanto (e graças a Deus porque caso contrário a esta hora não estaria aqui), a nossa querida Maria (que agora vai para a Universidade por isso acompanhem a aventura dela) nomeou-me para a Sunshine Blogger Award Tag, que eu já fiz anteriormente. Não obstante, e tendo em conta que as perguntas são diferentes, porque não haveria eu de responder. Com isto, obrigada à Maria por me nomear e deixo-vos com a segunda versão da Sunshine Blogger Award Tag.

 1 - Queres ter filhos, se sim quantos? E que nomes darias?

Epá,baseando-me na minha vida irrealista e os meus sonhos e expectativas inconcretizáveis, SIM. Relativamente a números, sou muito a favor do filho único (e nem tinha muita paciência para mais) mas se viesse o segundo lá teria que ser. Assim, se eu fosse viver para NYC dar-lhes-ia nomes em inglês (mas fáceis de dizer em português), caso contário portugueses.

Com isto já me alonguei demasiado mas se fosse assim, caso tivesse menina e vivesse noutro país ou Zoe Elizabeth ou Hayley Marie (opção portuguesa seria provavelmente Isabel ou Margarida), caso tivesse menino e estivesse na situação anterior e iludida seria William Phillip ou Arthur Louis (opção portuguesa Lourenço ou Martim).

Grande resposta, eu sei.

 

2 - Qual é a tua viagem de sonho?

Gostava muito de conhecer a Oceânia.

 

3 - Se pudesses criar uma rede social como se chamaria e para que serviria? 

Nunca pensei nisso, mas provavelmente chamar-se-ia algo como TuneIn e seria uma rede com várias comunidades, onde cada pessoa podia escolher as suas. Por exemplo, a mim acontece-me não ter ninguém para falar de séries, por isso eu aderia à comunidade e falava de séries com as pessoas que gostam das mesmas que eu. Boa forma de conhecer mais pessoas.

 

4 - Qual é a tua sobremesa favorita?

Cheesecake. Não há muito a dizer.

 

5 - Já fizeste alguma colaboração com outra blogger, caso já tenhas feito, gostas de o fazer?

Por acaso, acho que nunca fiz. Acho que nunca se proporcionou, mas era algo que adoraria fazer. Um dia, quem sabe...

 

 

6 - Se pudesses viajar no tempo para que ano gostarias de ir?

Para todos os que me seguem, todos sabem que sou apaixonada por História. Por isso, eu ia para o século XV sem dúvida. Se para Espanha ou para Inglaterra? Não sei. Portugal estava bem também, um destes três países. Isto como nobre, que eu do povo não queria muito ser.

 

7 - Qual é o teu maior medo?

Insetos, definitavamente. Todos os tipos sem exceção.

 

8 - Série favorita?

Definitavamente entre SKAM e The 100. No entanto, aprecio séries meio infanto-adolescentes (pelo-me por Dirt e Total Eclipse, e Hotel Du Loone e A Girl Named Jo, e Chicken Girls e Total Eclipse... tenho problemas...), históricas (Isabel is the best) e de sobrenatural (previously on Teen Wolf...).

 

9 - Se pudesses pedir 3 desejos, quais seriam?

Eu quero tirar este soutien. Eu quero poder fazer as minhas coisas. Eu quero que a minha vida irrealista se concretize para eu poder meter nojo às inimigas (amiga compinxa, se estiveres a ler isto já te estás a rir, mas nós somos the bosses).

 

10 - Qual é a tua música favorita de infância?

Hey There, Delilah. É tão irónico como esta música se vem a aplicar na minha vida anos mais tarde... Já me senti Delilah e já tive quem me dedicasse a música, especialmente na parte do two more years and you'll be done with school and... (já vos dei demasiado agora, mas pronto é passado...)

 

11 - Qual é o teu emoji favorito?

Aquele do sorriso malicioso/prevertido. Sou eu na vida.

 

 

Pronto, agora chega aquela parte chata de ter que nomear pessoas, mas como não quero nomear sempre as mesmas pessoas vou fazer batota e dizer muito simplesmente. Hey, people! Podem-se nomear vocês, pensem no conceito de autonomeação e apliquem-no.

25
Ago18

Tag | Sunshine Blogger Award

Ora já faz alguns dias que a Sofia me nomeou para esta tag, e agora também a Inês me nomeou. Por isso, e antes de começar a responder às perguntas, agradeço-vos muito às duas por se terem lembrado de mim. Com isto, vamos lá começar por vos introduzir às regras.

  • Agradecer à Blogger que te nomeou.
  • Responder às 11 perguntas que te foram dadas. 
  • Nomear 11 bloggers e fazer-lhes 11 perguntas.
  • Colocar as regras e incluir o logótipo do prémio no post.

Com isto, deixo aqui a logótipo e vamos lá continuar à parte que realmente vos interessa que são as perguntas, às quais vou responder por ordem cronológica de nomeação. Por isso, vamos lá acabar com o blá blá blá do costume e responder às perguntas tão interessantes que me fizeram.

 

 Vou começar, por isso, com as perguntas da Sofia (já agora, adorei-as amiga):

 

1. Quais são os teus maiores objetivos para o blog?

Os meus maiores objetivos para o blog são, acima de tudo, escrever porque gosto e divertir-me, entreter-me. No entanto, admito que gostava de levá-lo ao next level, de qualquer forma se não se chegar a suceder, sei sempre que este pode ser o meu hobbie.

 

2. Onde te imaginas daqui a 10 anos?

Daqui a 10 anos? Formada e a viver sozinha. Como sabem, ir para a Faculdade é uma das coisas que quero fazer no futuro (e já esteve mais longe), assim como quero arranjar um trabalho e viver sozinha, tornar-me independente dos meus pais (de preferência longe lá longe). Ah, e confesso que também já gostava de ter um filho ou estar grávida, ainda que tenha mais tempo. Não é indispensável, mas gostava de ser mãe nova (se é que há possibilidade).

 

3. Uma série que te arrependes de ter visto. 

É assim, há séries que nem consegui acabar, umas deveu-se a não gostar, outras deveu-se a não ter tempo. Uma série da qual não gostei particularmente e me arrependo de ter perdido a ver foi 13 Reasons Why. Gostei da primeira temporada, mas acho que a segunda nunca devia ter visto a luz do dia, por isso arrependo-me de ter tentado ver sequer.

 

4. Qual foi o momento mais embaraçoso da tua vida?

Eu sou uma daquelas pessoas na vida que passa por bastantes momentos destes, mas sem dúvida que aquele em que fiquei mesmo envergonhada foi quando estava na aula de Educação Física, escorreguei e como ia a correr com tanta velocidade e força, perdi o equilibrio e rebolei metade do ginásio. Juntem essa vergonha que já é bastante, ao facto de ser na segunda semana do 10º ano. É... não foi maior felicidade.

 

5. Qual é a tua grande inspiração para escreveres no blog?

Eu sou uma daquelas pessoas que às vezes está quase a adormecer e tem imensas ideias, mas no fundo eu não me inspiro em nada em específico. Este blog é bastante pessoal acima de tudo, o que me leva a inspirar-me no que eu vivo. Gosto de partilhar opiniões e vivências convosco, o que me dá a oportunidade de jogar com um leque de temas variado. Não me imagino a ser uma blogger com uma categoria fixa pois limitaria-me muito. Podemos dizer que sou meia multifacetada neste aspeto.

 

6.  Se olhasses para a tua vida há 2 anos atrás, dirias que estavas melhor ou pior do que hoje?

Há dois anos atrás passei por uma fase muito difícil, tinha 14 anos e muito menos maturidade, o que tornou tudo ainda mais difícil que o que já era. No fundo, foi um ano parecido com este, no entanto eu era mais infantil e dramática, o que me fazia levar tudo muito a peito e eu não sabia lidar com as coisas. Logo, creio que estou melhor hoje. Aprendi muito, amadureci, e para todos os efeitos, aprendi a ter outra perspetiva da vida, o que é algo que é bastante importante para mim relativamente ao meu crescimento enquanto pessoa.

 

7. O melhor momento destas férias.

Foi, muito provavelmente, ir ao Marés Vivas. Nunca fui de ir a muitos concertos, mas o facto de ter visto tantas pessoas tão talentosas em tão poucos dias foi maravilhoso, e todo o ambiente foi uma experiência muito agradável (ainda que o ar tresandasse um pouco a ganza).

 

8. Uma música que te define.

Epá, quero dar um vibe melhorzinha e mais animada, por isso não vou partilhar o lado mais negro da coisa. Assim algo que define a minha personalidade é a "She is" do Ben Rector. Já falei desta música se não me engano e descreve bastante quem eu sou.

 

9. Como imaginas a tua life goals?

Lá vou eu partilhar as minhas life goals com vocês. A Sofia já as sabe, mas agora o mundo também terá conhecimento do quão irrealista ela é. Mas pronto, basicamente eu vejo-me com o meu próprio negócio, a viver em Nova York (Manhattan, Upper East Side, mais especificamente) com uma filha ou um casal (rapaz e rapariga) e casada com um homem poderoso (Chuck Bass/Mr. Big wanna be). Eu disse-vos. Muito irrealista.

 

10. Achas que o blog, de alguma forma, te mudou?

Acho que me permitiu mostrar as minhas verdadeiras cores. Estar aqui dá-me mais segurança, o que se tem vindo a refletir no "mundo real". A minha atitude relativamente à vida e ao criticismo que me fazem mudou a olhos vistos. No fundo este blog reflete quem sou. Reflete a Carlota que eu não posso ser na vida real (até porque ia ter muitos problemas com isso), mas também aquela que eu gostava de poder ser a tempo inteiro. Mudou-me, sem dúvida alguma.

 

11. Qual é o teu livro favorito?

O meu livro favorito é o primeiro livro dos dois existentes escritos ambos por Francisco Salgueiro - O Fim da Inocência. Cheguei a fazer-lhe um review e volto a reforçar, é um must read para adolescentes, pais, educadores... para a população em geral (talvez não para crianças, mas quando crescerem era algo importante que lessem). Desejo ler o segundo livro, para ter outra perspetiva. Se o acabar por fazer, vocês saberão.

 

Agora que respondi a todas as perguntas da Sofia, vou responder às da Inês (que me pareceram extremamente divertidas, adorei-as):

 

1.Como é que te caracterizas?

Fisicamente caraterizo-me como uma rapariga de cabelos ruivos médios e ondulados, com olhos castanhos e sardas. Ligeiramente pálida e baixa.

Psicológicamente, posso dizer que me considero carismática (ou pelo menos é isso que me dizem), um pouco egoísta, mas no geral, uma boa ouvinte e conselheira. Algo que considero como verdade é que eu consigo colocar-me sempre no lugar das pessoas e entender o que lhes passou na cabeça para tomar certas decisões. Para além disso considero-me relativamente adulta para a minha idade, mas também infantil (sou uma criança eterna. Lá está a minha dupla personalidade bipolar).

 

2. Qual o teu maior defeito?

O meu maior defeito é ser teimosa. A minha teimosia pode levar-me à persistência ou ao extremismo e isso não é muito positivo. Sinto que é isso ou o egoísmo que possuo como qualquer ser humano (todos somos egoístas, nem que seja um pouquinho), ou então talvez a arrogância da minha geração.

 

3. Qual a peça de roupa que não consegues viver sem?

Eu não vivo sem camisas. Camisas às riscas de preferência. Uso-as no verão e no Inverno, por baixo de malhas ou simplesmente apenas estas peças. Não vivo sem elas.

 

4. A melhor memória que tens de criança.

Não tenho muitas boas memórias em criança, mas lembro-me do orgulho e da felicidade que senti quando o meu desenho foi escolhido para aparecer na revista da escola. Nesta altura tinha aí uns 7/8 anos, e ainda hoje é algo de que me orgulho bastante (tendo em conta que as minhas habilidades artísticas são quase inexistentes no que toca a artes plásticas).

 

5. Porque iniciaste o blog?

Como já disse noutros posts mais antigos, quando criei o blog estava a passar um momento complicado na minha vida. Não me tinha conseguido ambientar à nova escola, não gostava dos novos colegas e sentia falta de me orientar de novo. Arranjar um blog onde pudesse encontrar pessoas com os mesmos interesses que eu era algo que eu desesperadamente procurava. Não tinha ninguém que entendesse os meus gostos, aliás todos os criticavam, por isso pensei que ao partilhá-los no meu blog a situação fosse melhorar, pois sentir-me-ia mais aceite e sentiria que pertencia a algum lado.

 

6. Se o mundo acabasse amanhã o que farias?

Faria e diria tudo aquilo que queria fazer e dizer antes de morrer. Nunca pensei muito nisto, para ser franca, logo não posso dar uma resposta verdadeiramente consistente.

 

7. Quais os bloggers que mais te inspiram?

Eu tento sempre não procurar inspiração noutros bloggers porque penso que isso acabaria por influenciar a minha escrita e a minha forma de bloggar, numa forma geral. No entanto, admiro imenso a Freddy, a Amber e a Jaci.

E claro que tenho aqui o pessoal do Sapo, mas é como digo, admiro-os todos por partilharem com o mundo o conteúdo deles, só não procuro inspiração neles porque não quero tornar-me demasiado parecida com eles. De qualquer forma, adoro todos e os blogs que sigo são blogs que conheço e gosto mesmo (caso contrário não seguiria).

 

8. Se pudesses ser outra pessoa por 24 horas quem serias?

É assim eu gosto de ser a Carlota e não trocava isso por nada, acho que não consigo imaginar-me no corpo de outra pessoa. Mas se me dissessem mesmo para escolher, se calhar a Annie LeBlanc, deve ser bastante fixe ser atriz, saber cantar e vloggar, mas também saber fazer todos os truques de ginástica. Vá, ela ou a Shawn Johnson, eu não me importava nada de ser gold medalist em ginástica.

Mas não. Não queria ser nenhuma delas. Queria ser a Carlota, essa sim eu consigo ser.

 

9. Quem é a pessoa mais importante da tua vida?

Eu (lá está o egoísmo). Não sinto que haja alguém tão importante assim na minha vida. Escusam de vir com a família. Não vou tocar nesse assunto e ficamos por aqui. Não vou dizer coisas bonitinhas que não são correspondentes à verdade.

 

10. Calor ou frio?

Epá, ameno. Não sou uma pessoa que gosta de morrer de calor, mas também não gosto de morrer de frio. Gosto do sol quentinho com uma brisa fresca. Isso sim. Mas se me derem a escolher, adapto-me melhor ao frio que ao calor. Em dias de muito calor não consigo fazer nada, fico muito cansada e tenho muitas quebras de tensão (estou a falar de tipo tensão a 4). Não gosto mesmo de calor.

 

11. Tinhas alguma alcunha em pequena?

Vocês vão-se rir tanto agora. O meu pai chamava-me Ludovina Leite Fresco, mas toda a gente sabia que eu era o Monstro das Bolachas porque bastava em avistá-las que minutos depois só lá estava o sítio mesmo. Além do mais, eu adorava a Rua Sésamo.

 

Vá, agora que está feito, é a minha vez de fazer as perguntas que estou interessada a que o pessoal que vou nomear responda, por isso, partilho então as minhas curiosidades.

 

1. És blogger. Algum dia pensaste em expandir-te para outras plataformas?

2. Quais são os teus objetivos profissionais?

3. Num mundo de séries, filmes e livros. Qual é o universo em que gostarias de estar?

4. Qual é a personagem com a qual mais te identificas? (pensem nisto como um complemento da última)

5. Se pudesses fazer um roteiro de viagens, qual seriam as cidades que nele estariam incluidas?

6. Qual a tua bebida favorita?

7. Qual a pessoa, neste mundo digital, que mais admiras e porquê.

8. Se pudesses mudar algo no nosso país, o que mudarias?

9. Esquecendo o desemprego. Qual o teu emprego de sonho?

10. Cabelo maravilhoso e brilhante. Curto ou comprido?

E agora a verdadeira e mais importante pergunta...

11. Primeiro o leite e depois os cereais ou primeiro os cereais e depois o leite?

 

Vá, feitas agora todas as perguntas (porque eu também sou um ser humano e gosto de cuscar), é da minha vontade que o Francisco, a Raquel, a Ana, a Carolina, a Diana, o P.P, a Ellie (vês, amiga? Nunca me esqueço de ti <3), a DESarrumada, a w-m-mind, a Patrícia e a Sara respondam a estas questões intrometidas (como quem diz, estão mais para intrometidas wanna be que propriamente mesmo indiscretamente intrometidas).

 

 

10
Ago18

Tag | School is Coming

Dando seguimento à minha rubrica temporária de regresso às aulas, trago-vos uma tag. A tag chama-se "School is Coming" e vi-a por aí no Youtube e achei-lhe piada por isso decidi trazer também.

 

1. Qual o produto que não te pode faltar antes de um longo dia de aulas?

Batom do cieiro. Se há coisa que eu não posso viver sem, essa coisa é batom do cieiro. Hidrata os meus lábios durante o ano todo e sou tão, mas tão apaixonada por este produto que tenho um em cada mala, no estojo e até mesmo um em casa para quando me maquilho em casa (porque eu acabo sempre a por batom ou na casa de banho do colégio ou no elevador enquanto desço do prédio).

 

2. Qual o teu penteado mais usado em tempo de aulas?

É entre um rabo de cavalo e um bun, fico sempre muito mais confortável usando apanhados. Cabelo solto faz calor e quando há vento fica todo cheio de nós, so I guess I'll pass.

 

3. Em tempo de aulas optas por um estilo mais "na moda" ou mais confortável?

Tal como já deu para entender, eu não sou uma pessoa de andar com roupa considerada confortável. O conceito de confortável é muito subjetivo, eu sinto-me confortável nas roupas que uso. Mas dentro do conceito aceitado por todos, talvez a primeira opção seja  a mais viável.

 

4. Qual o produto que vais usar e abusar este ano escolar?

O meu batom matte vermelho. É da Kiko, da gama Velvet Passion. Vivo para ele, tanto que estou a usar agora.

 

5. Lábios ou olhos fortes?

Por mim poderia ir tudo corrido a forte, mas escolhendo um, acho que lábios. Dá logo outro toque sem precisar de muito esforço e é perfeito para quem anda sempre numa correria e não tem tempo de fazer uma maquilhagem de olhos full glam.

 

6. Onde compras o teu material escolar?

Na Staples ou no Continente, por vezes no El Corte Inglés também. Não gosto de material escolar do Jumbo.

 

7. Três coisas que não podem faltar na tua mochila?

Lenços de papel, carteira e telemóvel.

 

8. Cadernos ou dossiers?

Toda a minha vida usei dossiers, nunca tive um caderno sequer (a não ser os A5 da primária). Este ano vou optar por usar uns pela primeira vez, mas isso vocês logo verão. Com isto, é impossível dar uma opinião, visto que não tenho ponto de comparação.

 

9. Alguma rotina matinal?

Chamem-lhe panca ou lá o que quiserem, mas sempre que acordo olho para o chão e vou caminhando para a casa de banho sempre a olhar cuidadosamente para o chão. Chego à casa de banho e cuidadosamente analiso o tapete, mexo-lhe com o pé e espero. Passado 30 segundos finalmente entro à vontade. Vocês perguntam-se porquê, sucede-se que há uns bichinhos na minha casa que saem sempre à noite e me dão cabo do juízo.

 

10. Alguma dica para o estudo?

Não procrastinar, pura e simplesmente. Eu procrastino muito e depois nota-se e muito. Portanto, não sejam como eu, maltinha.

 

11. Qual o teu pequeno-almoço favorito para começar bem o dia?

Favorito, favorito não tenho. Detesto comer, mas pronto. Como sempre torradas barradas com creme vegetal e bebo uma caneca de chá sem açúcar. Dieta acima de tudo.

 

12. Se pudesses mudar alguma coisa na tua escola, o que seria?

As escadas e a mobília. Infrastruturas geladas e mobília antiquada. Isso ou o dress code, demasiado restrito. Estão sempre a dar advertências.

 

E pronto, eu não vou nomear ninguém em particular, mas quem quiser pode "roubar" a tag à vontade!

07
Ago18

Tag | TMI

Há uns dias a Sofia nomeou-me para esta tag que me cativou imenso, por isso agradeço imenso, responderei às perguntas com grande entusiasmo. Portanto vamos lá a isto!

 

1) Que roupa estás a usar neste momento?

Um vestido de praia bastante indecente para ser vestido sem fato de banho/biquini/triquini por baixo. Que querem que faça com este calor? Usar uma camisola por baixo?

 

2) Já te apaixonaste?

Todos temos aquele amor ardente de adolescência que ao mesmo tempo é puro e inocente. Claro que eu não sou exceção.

 

3) Quanto medes?

Uma questão que me irrita profundamente, mas meço 1,59 e meio. Abreviando, meço 1,60m. Sim, eu sou uma pessoa baixinha.

 

4) Quanto pesas?

É assim, odeio falar de pesos mas aproveito para compartilhar que peso 73kg. É verdade, são 4kg a menos desde Abril (desleixei-me um pouco nas férias. Na escola é para levar mais a sério).

 

5) Tens tatuagens ou piercings?

Não e não pretendo nem posso ter. Graças a problemas de pele, nunca poderei ter, o que não me incomoda muito porque não gosto nada. Agora que é moda parece que todos fazem (#i'mnotafollower)

 

6) Qual é o teu OTP?

Opá, eu sou uma Maria Shipadeira, shippo tudo e mais alguma coisa. No entanto... acho que nada é mais icónico que Chuck e Blair em Gossip Girl (nem comento o ship name #chair)

 

7) Bandas favoritas

Sem dúvida Chase Atlantic, Imagine Dragons e ando a começar a pegar nos Bastille (Sofia, amiga, conseguiste passar o bichinho)

 

8) Cor favorita

Gosto de azul e pronto. Depois também gosto de vermelho (what better to be classy?), do amarelo e do laranja. Julguem-me o quanto quiserem, mas amarelo é uma das melhores cores do arco-íris.

 

9) Quanto tempo demoras no banho?

15-20 minutos, depende da estação do ano, do meu mood ou até do estado de espírito.

 

10) Quais são os defeitos que mais te irritam numa pessoa?

Não suporto gente com a Síndrome do Ordenado Mínimo. E isto não é um insulto a quem tem essa remuneração, até porque este "vírus" expande-se para pessoas quue podem até ser milionárias. Basicamente, resume-se àqueles chicos-espertos que se acham mais que toda a gente e que só eles é que sabem, então pensam que têm o direito imediato de criticar (e com isto falo destrutivamente) tudo e todos. Logo a seguir, vem aquele pensamento à avec no sentido de "Na França/Suíça é melhor!"

 

11) Último livro que leste

Catarina de Aragão por Phillipa Gregory. Excelente mulher, apesar de me faltar pouco menos de um terço do livro, posso concluir que ela sim era a verdadeira Rainha de Inglaterra e nos meus olhos, será sempre a única (não, eu não reconheço nem nunca vou reconhecer a Ana Bolena como Rainha).

 

12) Acessório favorito

Um colar de ouro branco/prata (não tenho a certeza do material) com uma pérola ou o medalhão de ouro com a Nossa Senhora, ambos jóias de família. Sem dúvida que tenho grande estima aos dois. É entre esses.

 

13) Quais são as qualidades que mais admiras na tua personalidade? E porquê?

Acho que a minha capacidade de ver além e de conseguir expressar os meus pensamentos é uma das minhas favoritas. Talvez também o meu sarcasmo, costumo dizer que estou sempre a fazer comentários sarcásticos (mais no sentido negro da coisa). No entanto, algo que acho que sou é boa amiga. Se vos considerar mesmo meus amigos, atendo-vos independentemente das horas que forem. Tenho várias amigas e até um ex-namorado meu que me chamaram às 3 da manhã e eu, independentemente do sono que pudesse ter, atendi-os. Se eu gosto, eu cuido.

 

14) Qual é a tua série favorita?

Epá, essa é difícil! Sou uma rapariga de séries, assim falando da atualidade e esquecendo as séries que já vi ano passado, vou fazer um curto apanhado da coisa. Gosto muito de The 100 (amanhã vejo o último episódio da 5ª temporada, tenho que esperar alguns meses para a 6ª e estou mesmo ansiosa), SKAM (eu e a Sofia apoiamos #skamportugal) e Gossip Girl (aquele tipo de série que não consigo ver rápido demais porque é simplesmente demasiado bom para deixar de ver). O meu guilty pleasure é Sexo e a Cidade, who doesn't love it?

 

15) Ator/ atriz favorito/a?

Jennifer Lawrence, is that even a question? J-LAW IS A FREAKING QUEEN!

 

16) Qual foi a razão pela qual criaste o blog?

Eu criei o blog porque estava numa altura da minha vida em que me sentia deslocada. Toda a questão de ter que me acostumar a dinâmicas novas fez-me sentir-me só. Não me identificava com os colegas de turma (e ainda não me identifico), sentia que não tinha nada a ver comigo e que me tratavam com indiferença, como se o que dissesse fosse ridículo. Precisei de encontrar algum sítio em que pudesse criar algo meu que atraíria (quem sabe) pessoas com os mesmos interesses ou que pelo menos demonstrassem alguma tolerância perante a minha pessoa (e não desprezo).

 

17) Quais são as pessoas que falas regularmente?

Com algumas amigas do 9º ano, com a Sofia e com outras amigas.

 

18) O teu maior medo?

O meu maior medo é provavelmente falhar ou desiludir aqueles que contam comigo, isso e bichos. Tenho muito medo de bichos. E alturas.

 

19) Última música que cantaste

Como te Atréves dos Morat

 

E pronto estas foram as minhas respostas, eu não vou nomear ninguém. Se vocês quiserem façam para aí!

Espero que tenha dado para me conhecerem melhor ou para reforçar este conhecimento. Boas férias ou bom trabalho, se as tuas férias já acabaram.

 

08
Jul18

Tag | O meu gosto musical

Olá!

Hoje trago-vos uma tag acerca de música, que para quem não sabe, faz parte de uma época da minha vida em que realmente tinha algum entendimento na mesma. Infelizmente, acabei por me esquecer de tudo graças à falta de prática.

Anyways, quero agradecer à Sofia por me ter nomeado para a fazer esta tag e cá vamos nós!

 

O meu Gosto Musical.jpg

1- Qual é o teu estilo musical favorito?

É assim, eu considero-me uma pessoa muito eclética e ouço quase um pouco de tudo, mas talvez Indie e as suas categorias sejam os meus estilos de eleição.

 

2- Qual é o teu cantor ou banda favorita? 

Esta é difícil responder porque considero um tanto ou quanto impossível escolher só um, portanto como banda favorita é entre The Scorpions (ouçam as músicas deles no carro e vejam se não é grande cena), Chase Atlantic (apesar de que a via que estão a seguir me começa a preocupar) ou The Neighbourhood (people, everybody loves Sweater Weather).

 

3- Qual é o estilo musical que menos gostas?

Opá, não gosto mesmo nada de kizombada e funk. Se bem que algumas espanholadas me deixam em dúvida (mas no geral até gosto para dançar um bocadinho), bem como o pimba (confesso até me divertir à custa deste género, por isso não digo muito mal). No entanto, respeito todos os que ouvem estes géneros que mencionei, afinal é uma democracia e todos temos direito a ter as nossas opiniões e gostos.

 

4- Uma música que te faz chorar.

Dependendo do meu mood, Dynasty da MIIA. Por outro lado, a Oyeme da Mónica Naranjo. Uma lembra-me sempre dos momentos complicados que passo, a outra faz-me imaginar a vida sem o meu pai e isso faz-me chorar baba e ranho.

 

5- Uma música que marcou um momento da tua vida.

Love Me Now do John Legend, sem margem para dúvidas. Esta música marca o momento da apresentação do esquema de ginástica acrobática que fiz em colaboração com as minhas melhores amigas, quando ainda estávamos no 9º ano. É um momento que nunca mais esqueci e que marcou a minha vida por completo.

 

6- Uma música que tens ouvido muito nos últimos tempos.

Sem dúvida a Heaven da Julia Michaels. Acho que a frase "All good boys go to heaven, but bad boys bring heaven to you" diz tudo e vicia qualquer um(a). Fiquei viciada minha gente.

 

7- Uma música da tua infância.

Ai esta aqui não é nada difícil. Eu e a Sofia somos meninas do início dos 00's, por isso ouvíamos as mesmas músicas praticamente. No meu caso, eu consigo escolher uma que não vem de filmes da Disney. Hey there Delilah dos Plain White T's. Há vídeos de mim a cantar a música e eu lembro-me de a ouvir non-stop. Definitivamente traz-me muitas memórias de infância.

 

8- Uma música que melhore o teu humor.

She is do Ben Rector. É um artista pouco conhecido, mas eu adoro absolutamente a música. A vibe é mesmo catchy e eu fico logo a sorrir mal ouço a música (estou a ouvir agora e estou toda feliz a "dançar" e a fazer lipsync).

 

9- Qual é o teu filme favorito em relação à banda sonora?

Podem julgar-me se assim quiserem, mas todos os filmes de 50 Sombras de Grey. Que querem que vos diga? Acho que a melhor parte dos filmes é mesmo a banda sonora, gosto de todas, não vale a pena! Eu sei, kinda lame.

 

10- Que tipo de música gostas de ouvir quando estás triste?

Músicas que ilustrem aquilo que pelo que estou a passar, problemas em casa temos a Unsteady dos X Ambassadors, problemas do coração temos Friends dos Chase Atlantic, mas acho que a Melanie Martinez é aquela que me compreende mesmo independentemente de quase todas as situações. Quando chego à conclusão que me entreguei à tristeza o suficiente, então passo à fase de a combater e combater aquilo que a origina, geralmente ouço a Alive da Sia.

 

11- Em que momento é que ouves mais música?

All day, everyday. Adoro música e acho que única ocasião em que não ouço música é enquanto estudo "a sério" porque acabo sempre por me desconcentrar. Prefiro o silêncio absoluto, porque antes eu tentava ouvir música a estudar e os resultados não eram tão bons. E depois porque, por essa mesma razão, o meu pai proibiu-me de ouvir música enquanto estudava rigorosamente.

 

12- Que música é que gostas de cantar em voz alta?

Eu canto tudo! Eu canto francês, inglês, português, espanhol! Eu canto tudo de tudo, se a música vier em alemão, também canto que eu aprendo de propósito. Quando eu vos digo que cantava a música de abertura do Naruto em japonês quando era pequena (não tenho a certeza se era do Naruto ou se de outro anime qualquer, mas não é isso que interessa para a história), acreditem que não estou a mentir. Portanto, eu canto tudo mesmo.

 

Pelos vistos, a tag acabou, o que é mesmo uma pena porque eu me estava a divertir imenso a responder. Já não me lembro de responder a uma tag com tanta vontade como respondi a esta.

Eu não vou nomear ninguém para esta tag, por isso quem quiser fazer sinta-se à vontade!

Pesquisar

Sobre mim

foto do autor

Mensagens

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D