Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Chávena de Chá das Cinco

É chávena de chá só que agora bebe-se café

Chávena de Chá das Cinco

É chávena de chá só que agora bebe-se café

05.11.18

Moda | As minhas inspirações

Carlota
Desde que era criança que me vestia de forma super clássica, era a menina dos vestidos, das collants, do sapatinho envernizado e da franjinha. Confesso que, agora que olho para trás, eu era aquela que melhor se vestia na minha turma, acabando por ser gozada por ser demasiado menininha. Entretanto, quando fui para o ciclo acabei por mudar completamente, visto que nessa altura eu era quem decidia o que vestir. Durante o meu 5º ano, eu inspirava-me em pessoas que via na televisão, sem (...)
29.10.18

Tendências | Animal Print

Carlota
Se há algo que eu gosto é ter uma noção daquilo que é tendência e daquilo que não o é. E agora vocês, que são novos por estas bandas já estão a pensar "Irra! Deixa masé já fechar o separador, que esta gaja é daquelas fúteis que só liga a essas coisas", e vocês, que já me seguem vão dizer "Para quem diz que não é hipócrita, essa é a imagem que deixas passar ao dizer que não gostas de seguir tendências". Mas tenham todos muita calma, até porque isto é algo que (...)
09.08.18

Back to School | Guia completo em como ser teenage classy

Carlota
Porque Back to School não é apenas material escolar e estudar, decidi trazer um daqueles posts que faz completamente sentido, pelo menos para mim. Trago algo bastante diferente, pois este post vai falar de algo bastante diferente daquilo que eu costumo fazer - a moda. Regra geral, é algo de que nunca falo mas que é um tema que me diz muit, até porque sei que tenho um estilo bastante "alternativo" para uma rapariga da minha idade. Considero-me uma adolescente um tanto ao quanto (...)
22.06.18

As peças que me chamaram à atenção

Carlota
Época de saldos. Descontos, promoções, artigos lindos e oportunidades magníficas. A altura do ano em que todos os consumidores compulsivos invadem as lojas e compram, compram, maravilham-se e... compram? E eu, minha gente, eu sou uma shoppaholic admitida. Por essa mesma razão, e perante a necessidade urgente e o cativeiro no qual estive graças ao facto de ter descoberto que o dinheiro não é infinito, não aguentei mais e deixei-me ir um bocadinho. Não comprei muito, mas confesso (...)