Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Chavena de Chá das Cinco

Uma chávena de chá, um prato com biscoitos e conversas intermináveis

Chavena de Chá das Cinco

Uma chávena de chá, um prato com biscoitos e conversas intermináveis

05
Nov18

Moda | As minhas inspirações

Desde que era criança que me vestia de forma super clássica, era a menina dos vestidos, das collants, do sapatinho envernizado e da franjinha. Confesso que, agora que olho para trás, eu era aquela que melhor se vestia na minha turma, acabando por ser gozada por ser demasiado menininha.

Entretanto, quando fui para o ciclo acabei por mudar completamente, visto que nessa altura eu era quem decidia o que vestir. Durante o meu 5º ano, eu inspirava-me em pessoas que via na televisão, sem querer saber das opiniões dos restantes. No entanto, a forma de eu me vestir veio a mudar desde essa altura até mais ou menos o meu 9º ano. 

Nessa altura, comecei a moldar mais a forma como me vestia, ainda que de forma ligeiramente diferente da que adotei no momento (e que, em princípio, é para manter) e isso deveu-se a algumas influência. Por isso, hoje decidi trazer-vos um post onde falo das personagens de televisão que me ajudaram a moldar o meu estilo pessoal.

 

1. Blair Waldorf

Esta foi, definitivamente, a personagem icónica que mudou completamente a forma como eu me vestia e me ajudou a ganhar um brio por mim própria, em gostar de tratar de mim e, isso mantém-se até agora. 

Se há coisa que retive dela foi o amor por bandoletes, cabelo ondulado, vestidos e collants. Ela é icónica nesse aspeto e ajudou-me a atingir uma maturidade a nível de looks que eu nunca tinha experienciado. Se hoje não ando aí toda casual, tenho que lhe agradecer por modificar a minha vida por completo, libertando-me do esterótipo do "Usar calças é que é, tudo o resto só é para nos insinuarmos". Fez-me perceber que o comentário é verdade, até porque é mesmo para deixar a nossa marca e distinguirmo-nos dos restantes.

 

2. Noora Saetre

Como já devem estar cansadíssimos de saber, exaustos até, eu sou uma grande fã de Skam. No entanto, e ainda que a minha personagem favorita seja a Eva, admito que a Noora é extremamente icónica e que toda a gente retém algo acerca dela (pelo menos na primeira temporada, aquela cena de confrontação com o William bate tudo). Eu, para além de alguma atitude, o que mais retive dela foram as influências das roupas. 

Toda a minha vida eu vivia hesitante relativamente às riscas, e apesar de usá-las antes de ver a série, usava-as com algum receio, mas ela mostou-me que é algo que eu gosto e que me fica bem. Deu-me aquele empurrão para eu experimentar e, realmente funciona que é uma maravilha. Sou conhecida como a Rainha das Camisas às Riscas até ao dia de hoje, isto porque arrisquei.

Para além do estilo, ela influenciou as minhas escolhas no que toca à maquilhagem. Toda aquela questão de o batom vermelho ser associada às meninas, todos os comentários que me teciam quando dizia que queria comprar um... acabei por deixar tudo isso para trás. Aprendi a usar algo porque eu gostava, sem estar preocupada com as críticas, porque me fazia sentir bem e poderosa. Não posso dizer que uso todos os dias, mas uso cada vez mais frequentemente, cada vez que realmente me apetece!

 

3. Anastasia Steele

É uma personagem interessante, até porque eu detestava muito a personalidade dela e o estilo descuidado dela no primeiro filme. No entanto, quando entramos no segundo e no terceiro filme, eu passo a ter uma noção completamente diferente dela, quer a níveis de personalidade, quer a níveis de estilo.

Não posso dizer que ela me inspirou a fazer a franja, mas deu-me a perspetiva de como ficaria tendo em conta a forma como me visto. Até ao dia de hoje não me arrependo de modo algum. Deu-me coragem, digamos assim.

Confesso que, quando me imagino mais velha, imagino-me um pouco como ela. Vestida do mesmo modo, senhora de si mesma e a trabalhar porque não se imagina a ficar em casa.

style inspo.jpg

 Basicamente, estas são as três personagens de televisão e de cinema que me ajudaram a moldar a forma como eu me queria vestir a olhar para lá do comum, a querer ser diferente e deixar essa marca na vida das pessoas. Dizem-me que me visto como uma empresária autêntica e eu fico com um sorriso vitorioso na cara, cada vez que esse assunto vem à baila. Cumpri o meu objetivo e vou fazer as pessoas lembrarem-se de mim por isso mesmo. Por ser a rapariga que não queria ser igual a todas as outras.

29
Out18

Tendências | Animal Print

Se há algo que eu gosto é ter uma noção daquilo que é tendência e daquilo que não o é. E agora vocês, que são novos por estas bandas já estão a pensar "Irra! Deixa masé já fechar o separador, que esta gaja é daquelas fúteis que só liga a essas coisas", e vocês, que já me seguem vão dizer "Para quem diz que não é hipócrita, essa é a imagem que deixas passar ao dizer que não gostas de seguir tendências". Mas tenham todos muita calma, até porque isto é algo que vocês não sabem sobre mim - eu gosto sim de saber e ver algumas tendências, para formular uma opinião e seguir se achar que se enquadra comigo.

Desta vez, não é exceção. Gosto bastante de falar acerca das tendências e, uma daquelas que regressou depois de anos e anos guardada foi o animal print, que é aquela que veio de excêntrica (leiam com aquela voz estridente e demorada) para estar na berra e ser classy

Pessoalmente, não é que não goste, mas a verdade é que o padrão leopardo é demasiado excêntrico para a minha pessoa, no entanto, é algo que gosto de ver certas pessoas a usar porque até condiz com elas. Não obstante, está longe de ser o meu tipo de padrão de eleição.

Agora, isto deu-vos a entender que eu gosto de animal print e querem saber qual e como é que o gosto de usar. Começo já por vos avisar que não tenho nenhuma peça e que, provavelmente não vou adquirir nenhuma, até porque acho que me daria um ar muito pesado, dado o facto que tenho apenas 16 anos e que todos estes padrões me dão vibes demasiado adultas para mim.

Mas se é para responder, então com todo o gosto o farei. Muito sinceramente, o meu padrão favorito é o cobra. Para mim é aquele mais discreto que fica bastante clássico e elegante, passa despercebido mas dá aquela ideia de quem está in. A forma que eu acho que seria mais favorável utilizar para quem, como eu, é muito fiel ao básico e ao clássico e não sai muito mais para além disso? Sem dúvida que sou daquelas que torce para o lado dos acessórios, nomeadamente para os lenços. São ainda mais discretos, ajudam a proteger do frio (minha gente, ele finalmente chegou!) e, acima de tudo, podem ser facilmente conjugados.

E vocês, estão para aí viradas e esta tendência seduziu-vos ou nem por isso? Como usam ou usariam se comprassem?

print fav.jpg

 

09
Ago18

Back to School | Guia completo em como ser teenage classy

Porque Back to School não é apenas material escolar e estudar, decidi trazer um daqueles posts que faz completamente sentido, pelo menos para mim. Trago algo bastante diferente, pois este post vai falar de algo bastante diferente daquilo que eu costumo fazer - a moda. Regra geral, é algo de que nunca falo mas que é um tema que me diz muit, até porque sei que tenho um estilo bastante "alternativo" para uma rapariga da minha idade.

Considero-me uma adolescente um tanto ao quanto diferente do que se vê por aí (comparando a quem me rodeia). Não sou o tipo que vai e usa umas calças de ganga quaisqueres com uma t-shirt ou uma sweatshirt, calço umas sapatilhas e está feito. É uma forma de vestir que favorece certas pessoas, eu não gosto de me ver e, pessoalmente, nem me imagino (tentei durante um mês durante o 8º ano e nunca mais na vida, jurei para sempre). Sou uma mistura de clássico chique com juvenil, gosto de me vestir como uma adolescente (isto aqui não é "Breakfast at Tiffanny's") mas ser clássica dentro do possível.

Com isto, decidi fazer uma espécie de guia com os meus essenciais para a escola no que toca ao meu guarda-roupa. Neste post estarão também contidas as minhas opções para calçado e também em que me inspiro para os meus looks, por isso, acho que ficaram a conhecer um pouco mais sobre esta pessoa aqui. O intuito é maioritariamente mostrar aquilo que me rende num look para a escola em que não tento impressionar demasiado, mas ainda assim desejo parecer profissional o suficiente. 

 

Fashion basics.png

 

   ☆ T-shirts

 

Se há coisa que toda a gente deve ter no guarda-roupa, são t-shirts. Básicas, com detalhes, acho que isso é o segredo para parecer sofisticada mas ao mesmo tempo relativamente descontraída. Não obstante, as t-shirts não são a minha peça go-to, até porque quando as uso sinto a necessidade de "dar tudo" noutros aspetos, é quase inaceitável para mim andar com apenas uma t-shirt e está tudo fixe..

 

   ☆ Camisas

 

São, sem sobra de dúvidas, as minhas peças de roupa favoritas. Uma grande parte do meu roupeiro está cheio de camisas de todas as cores e feitios, eu gosto de camisas e ponto, contra factos não há argumentos. Relativamente às minhas favoritas, provavelmente são às riscas, até porque sou uma verdadeira amante das riscas e uso-as all day, every day se for necessário. A camisa dá um look sofisticado sem ter que me esforçar muito e convenhamos, I'm all for it.

 

   ☆ Jeans

 

O meu gosto pessoal leva-me a comprar sempre ou quase sempre o modelo skinny. No entanto, como tenho um corpo desproporcional, acabo por ter todas as condições para vestir um certo número de calças, todas menos a altura. Acabo sempre por dobrá-las para um look mais descontraído, acho que é importante dar sempre um contraste e dobras são sempre ótimas, pelo menos para mim. Se não nas calças, na camisa até atingir os cotovelos. 

De qualquer forma, deixo aqui confessado o meu grande ódio por jeans. Se há peça de roupa que eu não gosto, esta peça de roupa são jeans. Não gosto de as usar e ponto, mas de todos os modelos aquele que mais me incomoda são as high waisted jeans. Sei que com o meu tipo de corpo, se calhar essas seriam o modelo mais adequado, mas eu não me adapto pura e simplesmente. Usar cinturas subidas magoa-me a barriga e realça-a, o que não é algo que eu procuro. Com isto não digo que uso cinturas descidas, mas sim médias, que de todas são, na minha opinião as que me assentam melhor.

Sou da opinião que ao comprar jeans temos que ter em conta o formato do nosso corpo e experimentar todos os modelos dos quais gostamos e para os quais temos orçamento. A partir daí, encontraremos o tal. Mas comigo comprar jeans é uma verdadeira saga que, se fosse explicada, dava um filme de drama.

 

   ☆ Calças

 

Tal como não gosto de jeans, também não gosto de calças. Porém, estas são mais confortáveis para mim, e também dão um ar mais clássico, o que juntado a uma t-shirt básica, acaba por criar um contraste bastante favorável. Tenho dois pares de calças do género e estou bastante satisfeita com eles, são confortáveis e assentam-me bem. Ambos são da Bershka, o que é surpreendente porque essa marca não está presente no meu armário, de forma alguma.

 

   ☆ Saias

 

Saias são aquelas peças que acho que ficam bem a toda a gente. Dá para mostrar as curvas do corpo, mas também dá para favorecer as pernas (especialmente com saltos altos, mas já aí vamos). Por isso, o meu conselho é usem saias. Uso-as todo o ano e gosto de me ver.

Sei que não são tão confortáveis como jeans (pelo menos é o que dizem, eu penso ao contrário. É preciso saber escolher saia e saber andar com ela), mas a verdade é que para raparigas com curvas (o que é o meu caso), evidencia-vos um pouco as curvas, e se forem baixinhas (o meu caso), acabam por não ficar tão atarracadas (saibam é escolher o modelo que vos vai favorecer). Eu tento muito esconder as pernas, e o tipo de saias que uso ajudam-me a desviar as atenções dessa parte do meu corpo.

Caso sejam mais magrinhas, acreditem que uma boa saia (especialmente se forem mais altas) contribui para alongar as pernas e favorece bastante (digo isto com base no que vejo a partir da minha irmã, as pernas dela alongam bastante e é uma das miúdas que eu já vi a quem as saias favorece os traços bons que tem).

Com isto, saias são ótimas para vestir clássico mas sem intemporal ao mesmo tempo. Agora estão umas por aí bastante giras, saibam qual vos fica melhor e arrisquem.

 

   ☆ Vestidos

 

Temos então os vestidos, que são peças que me dão mixed feelings. Tenho uma barriguita considerável e escondo-a (ou pelo menos tento) sempre! Encontar um vestido que me permita tal coisa é uma tarefa difícil, mas não impossível. Costumo refugiar-me na Springfield e nunca fico desiludida.

Posto isto, os vestidos podem ser difíceis de encontrar se estiverem na mesma situação que eu, mas uma coisa é certa - todos temos preguiça por vezes, e escolher uma indumentária aceitável torna-se um pesadelo, a solução é um vestido que é basicamente por e andar. Quando me atraso, visto o vestido, calço-me, lavo os dentes, penteio-me e estou porta fora. Algo bom é que, caso estejam a apostar por algo mais confortável, podem combiná-lo com ténis.

 

   ☆ Casacos

 

Casacos, casacos, casacos. Tenho toda uma coleção e estou a um tipo de casaco para a completar. Eu tenho uma paixão assolpada por casacos, no entanto custa-me imenso investir num. São caros, mas sei que são das peças mais duradouras e que realmente podem definir um look.

Os meus favoritos são, provavelmente, os leather jackets, os blazers e os french coat. Já tive mais cabedais, mas entretanto um acabou por se rasgar (descansa em paz, cumpriste a tua missão), então fiquei com um vermelho que eu adoro.

Blazers dão um ar mais sofisticados e eu sem dúvida vou abusar do meu este ano, será o meu escravo de serviço. Gosto de os ver combinados com jeans e uma camisa ou t-shirt, mesmo com sapatilhas até. Acho que é um daqueles casacos que compõe um look completamente.

Por fim, os French Coats. Esses aí são outros que tais, compõem um look assim que são vestidos e dão-nos um ar mais sofisticado e conservador, o que é algo que eu procuro em muitos dos meus looks.

 

   ☆ Botins

 

Ora, botins. Eu sou uma rapariga de botins, tenho bastantes e passo a vida a usá-los. Saltos altos ou rasos, todos me seduzem por razões diferentes. Botins trazem-me boas vibes e, se não fosse pelo calor agressivo do verão, fariam parte da indumentária ao longo de certos dias.

Antes, quando eu andava na outra escola perto de casa, eu calçava os botins de salto alto e andava imensas vezes com eles. Hoje em dia, estudo fora de casa, o que é uma das razões pelas quais encostei os saltos e adotei os rasos. Não me arrependo, mas custa um pouco abdicar de algo que tanto gostei em prol do conforto.

 

   ☆ Ténis

 

Por fim, falo de ténis. Tenho uns quantos, alguns de marca e outros não. De certa forma, a mim não me interessa muito. Ténis são ténis, não é porque são de uma sapataria comum que são menos que os outros, e já me aconteceu sentir-me mais confortável usando ténis de "marca branca". 

Neste momento, aqueles que mais uso são os meus Adidas Gazelle azuis escuros (mas agora mais parecem azul lago dado o uso) ou os Nike Air Max (verdade seja dita, são mais confortáveis). Sei que são demasiado desportivos, mas consigo usá-los sem problemas, e nunca prejudicaram um look sequer.

 

Para mim, estes são os essenciais para um guarda-roupa de sucesso (isto se procuras um estilo parecido ao meu). Fazem-me sentir uma verdadeira girlboss e nunca o trocaria por nada deste mundo (cometi esse erro ano passado ao deixar-me influenciar por certas pessoas e foi algo de que me arrependo profundamente). Penso que a imagem que passamos reflete muito, ainda que inconscientemente, aquilo que somos e pensamos.

Se desejo fazer investimentos noutras peças? Sim, e assim que os fizer partilharei por aqui o que comprei. Sobre maquilhagem e cabelo? Isso será referido ainda durante esta série de Back to School, portanto... stay tuned.

 

 

 

 

22
Jun18

As peças que me chamaram à atenção

Época de saldos. Descontos, promoções, artigos lindos e oportunidades magníficas. A altura do ano em que todos os consumidores compulsivos invadem as lojas e compram, compram, maravilham-se e... compram? E eu, minha gente, eu sou uma shoppaholic admitida. Por essa mesma razão, e perante a necessidade urgente e o cativeiro no qual estive graças ao facto de ter descoberto que o dinheiro não é infinito, não aguentei mais e deixei-me ir um bocadinho. Não comprei muito, mas confesso que já lá fui duas vezes - e foram as duas no início desta semana.

Portanto, perante a minha viagem a algumas lojas, eu decidi que estava na altura de partilhar aquilo que adquiri e aquilo que ainda vou adquirir, mas que como caça descontos que sou, ainda não comprei porque estou à espera que baixe um pouco mais ainda. Assim, cá vamos nós!

 

fato de banho riscas.jpg

 Tezenis22,90€

 

Quando fui à Tezenis no outro dia à procura de um fato de banho para iniciar a época balnear (e já iniciei a minha, já estou a ficar bem morenita), decidi ir à Tezenis porque tinha visto no site uns muito giros (e os vídeos da Sofia BBeauty também dão aquele hint básico) e também porque todas as outras lojas acabavam por ser ridiculamente caras (talvez seja mentira, eu é que pronto, sou forreta) e não me davam aquela sustentação ao peito de que necessito devido ao meu problema.

Acabei por experimentar este, que é muito giro e nas minhas cores favoritas, e que on top of that traz uma espécie de soutien imbutido, o que acaba por me dar o suporte de que necessito. Já utilizei e nunca me senti tão confortável, o material é ótimo (apesar de por dentro ter ficado meio amarelo, mas era impercetível até à lavagem) e as riscas quebram um pouco a minha figura, que era o que eu pretendia.

 

vestido folhos.jpg

 Tezenis14,90€

 

Quando estava prestes a entrar no provador para experimentar toda a roupa de banho que tinha em mãos (porque eu nunca fico bem numa só), acabei por avistar isto e fui a correr e colocar o vestido no monte que ia levar para dentro dos provadores. Acabei por trazê-lo também e não me arrependo nada.

Adoro o facto de este vestido ser cruzado nas costas porque fica extremamente bonito. O lado bom que é um vestido versátil porque apesar de gritar praia, pode ser utilizado para uma saída naqueles bares da praia. Podem utilizar um fato de banho, uma t-shirt branca ou até mesmo sem nada se por acaso se sentirem confortáveis (eu gosto de ver). Existe também em preto, se estiverem interessadas.

 

camisa de noite.jpg

 Oysho15,99€

 

Há já algum tempo andei a cobiçar camisas de noite do género desta, acetinadas e bem...bonitas. Simplesmente não a comprei porque não havia em stock na loja a que eu fui. No entanto, durante esta época de saldos pretendo adquiri-la porque é simplesmente a coisa mais linda e sofisticada que eu poderia desejar.

 

blazer.jpg

 H&M29,99 (?)

 

Este blazer foi o achado dos achados, porque apesar de o site o avaliar como 29,99€, ele custou-me apenas 7,99€, o que são 22€ a menos, minha gente! E para a qualidade dele, foi como se não me tivesse custado praticamente nada. O verdadeiro Negócio da China, deixem que vos diga.

Eu adoro blazers, acho-os super clássicos e cada vez mais desejo introduzi-los nos meus looks do quotidiano.

 

colete.jpg

 Zara29,99€

 

Este colete que é uma espécie de vestido está definitivamente na minha wishlist. Vou esperar que o preço dele baixe um pouquinho e vou apostar na Placard, para ver se gasto menos do dinheiro que tenho de parte. Eu acho-o tão giro e tão clássico... derreto-me!

E praticamente esta é a minha wishlist e os poucos (por agora) artigos que adquiri. O mais natural é, como eu ainda não vi grande parte dos saldos, juntar mais elementos à lista.

 

Pesquisar

Sobre mim

foto do autor

Mensagens

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D