Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Chavena de Chá das Cinco

Uma chávena de chá, um prato com biscoitos e conversas intermináveis

Chavena de Chá das Cinco

Uma chávena de chá, um prato com biscoitos e conversas intermináveis

26
Out18

Wattpad | As minhas histórias favoritas

Vocês pedem e eu trago! Há uns tempos fiz um post a falar do Wattpad, mas deixei uma ideia muito vaga, deixando alguns de vocês com curiosidade acerca da plataforma em si e daquilo que lá podemos encontrar.

Dando uma breve ideia daquilo que estou a falar, o Wattpad é uma plataforma online (possui também uma App gratuita, quer na PlayStore quer na iStore, penso eu) que foi criada com o intuito de nela serem publicadas histórias de autores amadores. Entretanto, a plataforma foi ganhando mais visibilidade e começou a crescer, chamando a atenção de várias editoras e produtoras de cinema, que acabaram por publicar o livro ou adaptá-lo para uma versão cinematrográfica. Exemplificando, certamente já ouviram falar da saga After da Anna Todd, ou do filme The Kissing Booth da Netflix. Ambos foram adaptados do Wattpad e colocados num meio ainda mais comercial.

O Wattpad é um bom lugar para aspirantes de letras escreverem as suas histórias e as partilharem de forma gratuita e simples com o mundo. O lado bom é que, para ter o Wattpad não precisamos de publicar história nenhuma, basta criarmos a nossa conta e podemos ler aquilo que quisermos, sendo notificados cada vez que uma das histórias que lemos for atualizada (caso a juntemos à Biblioteca, como é óbvio).

Existem várias categorias que vão desde as famosas fanfics, até a contos, passando pela poesia, pelo romance, pela ficção científica, pela ficção adolescente, pelo humor, etc.

É uma boa opção para os amantes de leitura, visto que podem ler offline e em qualquer lado, não tendo que aceder a uma rede wi-fi (mais uma vez, isto caso guardem a história na biblioteca privada) e, a melhor parte, é que todos os livros existentes são de caráter gratuito, ou seja, não temos que pagar um centimo que seja para os ler.

No meu caso, eu uso esta plataforma como sítio onde publico os meus projetos, mas também como biblioteca, onde leio aquilo que quiser sem ter que dar satisfações a ninguém.

Portanto, e entrando agora, na parte que vos interessa, deixo-vos aqui algumas das minhas histórias favoritas (daquelas que já li, como é óbvio) e que, penso que podem gostar.

Wattpad Favs.png

 

 1. Beautiful Sin

É uma fanfic de Teen Wolf de caráter imaginário, ou seja, passa-se num universo alternativo.

A história começa na quinta temporada, onde Kendall Argent, prima de Allison Argent, começa o seu Senior Year. Todo o enredo é semelhante à quinta temporada, com a particularidade da introdução da Kendall, que serve de par romântico para o vilão, Theo Raeken.

Vai até ao fim da série e mostra todo o percurso e evolução da Kendall, desde o facto de não conseguir lidar com a perda pela qual teve que passar, pelo facto de gostar de um ser ambicioso e capaz de magoar aqueles que lhe são queridos, e também por ter que lidar com os problemas familiares.

Sem dúvida que foi daquelas histórias pelas quais me apaixonei, sendo que me identifico com a Kendall em diversos aspetos, nomeadamente na personalidade. A caçadora é corajosa, no entanto, ao longo do enredo podemos vê-la fraquejar e mostrar que até os mais fortes sofrem de tal forma a caírem de joelhos no chão. É uma personagem sublime e, acima de tudo, real, no meio de tanto sobrenatural e fantasia. Poderia ser qualquer rapariga a este ponto e a sua história é, deveras, apaixonante e viciante.

Quem quiser ler sem ter visto a série consegue fazê-lo, já que tudo aparece explicado e é mais ou menos assim que tudo se dá, pela mesma sequência lógica. No entanto, é aconselhável que vejam primeiro.

 

2. The Last Virgin Standing

Esta é uma daquelas histórias que simplesmente nos deixa com raiva e com amor à personagem principal. Basicamente, a história começa quando todas as raparigas da escola já perderam a virgindade para cada um dos cinco rapazes que, no momento, estavam a travar a competição para ver quem tinha tirado a virgindade a mais raparigas. Os concorrentes do estúpido concurso são Tyler Bradshaw, Alec Jennings, Ian Jameson, Beckett Cartwright e Lucas Chandler. A questão é que, quando vão a ver, ainda há uma rapariga que é virgem e, essa decidirá quem vence a competição. Essa rapariga vai pelo nome de Charlotte Summers (eheheh, Charlote...), que se encontra agora no seu último ano de secundário.

O enredo da história passa pelas tentativas dos cinco rapazes tirarem-lhe a virgindade, ou seja, fazerem de tudo para que ela os escolha. O final é bastante irreverente e eu adoro a maneira como foi escrita a história, penso que foi daquelas com a qual dei mais gargalhadas. Recomendo imenso!

 

3. The Pizza Girl

Uma das histórias que me foram recomendadas por uma amiga minha e, sem dúvida, é a minha favorita das três que indiquei aqui.

A história tem como personagens principais Emerson Justice, uma rapariga comum como qualquer outra que é uma verdadeira amante de pizza e que faz de tudo para ter a última fatia, e quando digo tudo é mesmo tudo. Perguntem ao Leo Arsen que, já agora, é a outra personagem principal. Um rapaz italiano, super giro que trabalha na pizzaria favorita da Emma.

Posso dizer que nunca me ri tanto a ler um livro. É, sem dúvida alguma, o meu livro favorito de todos os tempos no Wattpad. É em inglês, tal como todos os outros que fui mostrando, e mostra a relação entre dois jovens e o seu grupo de amigos.

Vale totalmente a pena ler, é uma história cheia de drama, romance, humor e, acima de tudo, pizza (amantes de pizza, vocês têm que ler isto)! É um must read para quem decidir instalar o Wattpad.

 

E pronto, vou-me ficar por aqui, até porque estas são as histórias favoritas de todos os tempos. Quando ler outras que se igualem, entretanto contacto-vos e faço outro post acerca do tema.

Ficaram interessados em ler alguma ou em, pelo menos, instalar a aplicação e dar-lhe uma oportunidade? Espero que sim, caso contrário o meu trabalho como influencer wanna be da moda falhou redondamente (sentiram aquele sarcasmo? Claro que era a brincar, mas ficaria feliz se vos tivesse influenciado, como é óbvio).

 

25
Out18

Top 5 | Canais de vlogs favoritos

Eu não sei se vocês têm conhecimento desta situação, mas aqui a pessoa gosta de canais de vlogs. Se eu pudesse ver apenas um tipo de vídeo para o resto da minha vida, esse tipo de vídeo seria vlogs. Primeiro porque é, no fundo, a materialização em vídeo do meu tipo de blogs favoritos - os pessoais - e também porque têm um conteúdo muito, mas mesmo muito mais abrangente. Tudo isto, faz com que me tenha vindo a apaixonar por este tipo de conteúdo, o que me leva a fazer este post relacionado com aquilo que vejo no Youtube. 

Mas como já devem estar cansados de ler divagamentos, vamos saltar para aquilo que realmente vos interessa - os meus cinco canais de vlogs favoritos.

P.S.: Esta lista foi feita aleatoriamente, ou seja, a ordem na qual os canais são falados não assumem uma sequência do mais para o menos favoritou ou vice-versa.

Canais de Vlogs Favoritos.png

 

1. Bratayley

Provavelmente, já não é a primeira vez que este nome aparece num dos meus posts, até porque seria estranho, já que eu simplesmente sou viciada nos vídeos deles.

Basicamente, o canal Bratayley acompanha a vida da família LeBlanc e tem como principais estrelas Annie LeBlanc, Hayley LeBlanc, Katie LeBlanc e Billy LeBlanc, aparendo várias vezes os seus amigos e os seus animais de estimação. Podem ter ouvido e, certamente se começarem a ver os vlogs vão ouvir, uma constante menção de um rapaz, o Caleb. Explicando-vos melhor, o Caleb era o filho mais velho do casal e, portanto, o irmão mais velho da Annie e da Hayley. No entanto, ele infelizmente morreu com um problema no coração em 2015, com apenas 13 anos.

Continuando... todos os dias sai um novo vlog, no qual vemos exatamente como é a vida desta família que veio de Maryland para Los Angeles por motivos profissionais e que, está neste momento, em processo de mudança de casas. 

Sem dúvida que vale a pena ver, nem que seja pelas habilidades maravilhosas para o canto da Annie, ou mesmo pela comicicidade da pequena Hayley (quantas vezes ela não animou o meu dia...).

Recomendo imenso, dá sempre para dar umas belas gargalhadas e para nos entreter bastante.

 

2. Cole & Sav

Este canal gira em volta de, obviamente, o Cole e a Sav. Mostram-nos aquilo que tem sido para eles a vida de casados (visto que apenas o são há cerca de um ano e meio). No entanto, este canal tem uma estrela que rouba todas as atenções, a Everleigh que é a filha da Savannah.

É muito giro ver como eles levam a vida, especialmente de como o Cole considera a Everleigh filha dele, tendo em conta o facto de ele ser bastante jovem e de ela já estar no seu infantário. Podemos dizer que são o pai e filha mais fofos do Youtube...

Neste momento, estamos a acompanhar todo o caminho que a Savannah está a fazer pela sua segunda gravidez, o que é muito entusiasmante, já que estamos todos ansiosos para conhecer a Baby P (ai que eu quero saber o nomeee). Está quase, o primeiro bebé LaBrant está quase a chegar e todos estão deveras entusiasmados!

 

3. Kyler & Mad

Dentro do mesmo registo de "Cole & Sav", temos Kyler & Mad, que de certeza que se têm conta no Instagram devem conhecer.

Basicamente, o Kyler e a Mad são um casal que, tal como o Cole e Sav, fazem vlogs ocasionais de coisas entusiasmantes que se passam na vida deles (sendo o mais recente a segunda gravidez da Mad). No entanto, e apesar do nome do canal apenas os mencionar aos dois, as verdadeiras e as duas grandes estrelas são a Taytum e a Oakley, as géeas mais fofas de todo o sempre.

Juro-vos uma coisa, sempre que as vejo, dá-me vontade de ter gémeas quando for mãe. Depois desses cinco minutos de loucura, volto à realidade e apercebo-me que era demasiado trabalho para uma cabeça tão irresponsável como a minha.

 

4. It's the Donnellys

Conheci-os recentemente quando ouvi falar deles, visto que estão relacionados aos Bratayley por vínculos de amizade (a Annie e a Katie eram da mesma equipa da ginástica artística, as Coral Girls).

Os Donnellys seguem a vida da família que é constituída pela Katie, que é uma antiga ginasta que desistiu após anos e anos, pelo Brennan e pelo Ryan. Tal como os Bratayleys eles publicam vídeos todos os dias, que passam por narrar aquilo que acontece no seu dia a dia.

Vemos, neste momento, a entrada da Katie na escola normal após anos de estudar em casa, mas também a sua entrada no secundário. Eu ainda não os sigo de forma tão regular, até porque não tenho tempo para ver tantos vídeos assim, mas gosto imenso do conteúdo deles.

A principal diferença entre este canal e o primeiro de que falei, é que este realmente segue a vida de uma família normal americana, ao passo que os LeBlanc são completamente opostos, já que ambas as filhas têm carreiras na indústria musical ou cinematográfica (ainda que sejam bastante remotas, mas pouco a pouco parecem vir a tornar-se mais consistentes). São apenas uma família normal que grava o seu dia a dia e isso é algo bastante interessante.

 

5. Alice Trewinnard

Eu sei, eu sei, este não é um canal de vlogs. No entanto, todas as semanas a Alice publica o seu Weekly vlog e, deixem-me que vos diga, podem ser extensos mas fazem a minha semana. Vejo-os do início ao fim, porque apesar de serem vídeos de 30 minutos, valem completamente a pena e, entretêm-me mais que certas séries.

Para quem não tem pachorra para vídeos compridos, recomendo que reconsiderem e que deiam uma oportunidade à Alice para vos dar os típicos "Buenos Dias" sete vezes num dia. Adoro o conteúdo dela, até porque é bastante diferente do de outras youtubers. Sem dúvida que, para quem está num processo de perda de peso ou melhoramento da dieta, a Alice é alguém que devem seguir porque é licenciada na área e porque nos dá dicas mesmo úteis. É bastante motivador, mesmo.

 

E pronto, este são os cinco canais de vlogs que estão no topo da minha lista. Há outro de que posso falar mais tarde, mas isso iria requerer uma parte dois e não sei até que ponto estão interessados em levar com mais uma dose do mesmo. No entanto, caso estejam interessados em saber mais sobre outros canais de vlogs, digam-me que eu dou mais sugestões!

 

28
Ago18

Os meus essenciais | Maquilhagem

Maquilhagem, estuque, instrumento de expressão artística, chamem-lhe o que quiserem, eu aceito qualquer um. Se há algo pelo qual eu sou absolutamente apaixonada, essa coisa é, sem margem para dúvidas, maquilhagem.

Apesar de gastar grande parte do meu dinheiro em roupa, dado o meu gosto estupidamente caro (como podem ser aqui), outra grande fatia dos meus gastos pertence à categoria da maquilhagem. Chamem-me fanática, eu admito. Cada vez que entro numa loja de maquilhagem, eu sei que vou sair dali com menos uns euros na carteira e com mais um saquinho. Não sou capaz de combater esta parte de mim que é tão consumista, é mais forte que eu...

Enfim, isto leva-me a querer fazer um post com os meus essenciais, ou melhor, com os meus essenciais favoritos (isto porque se fizesse uma coleção iam descobrir o quão consumista e acumuladora eu verdadeiramente sou). 

 

Make up favs.jpg

 

     ☆ Necessaire

Provavelmente a coisa mais essencial para mim, já que é o lugar onde guardo todos os produtos que utilizo (ou que comprei, não gostei e ficaram para aí, ou aqueles que acabaram e eu nunca mais me lembrei de deitar fora).

A minha é da Women's Secret e foi-me oferecida por umas colegas do colégio pelo Natal. Adoro-a, na frente é um panda, no verso diz Lazy (convenhamos isso é tudo aqui que eu sou, já que eu adoro pandas e me identifico com um, e sou extremamente preguiçosa).

Um ponto ótimo que me fez trocá-la pela necessaire que eu tinha foi que necessitava de mais espaço, e apesar da antiga ter bastante espaço, uma parte da maquilhagem andava sempre por aí. Por esse motivo, tenho maquilhagem em três diferentes necessaires (fora aqueles produtos que andam aí perdidos pelas malas e mochilas).

 

     ☆ Corretor de olheiras

Sem dúvida é um must-have. Sou daquelas pessoas com olheiras à panda, se é porque não durmo ou se é por causa das alergias, isso aí não sei.

Antes eu utilizava sempre um bastante básico da Kiko, mas há uns tempos que ando a namorar o corretor Anti-Age da Maybelline, li e vi reviews em blog e canais de youtube, só que acabei sempre ou por não encontrar ou por não querer comprar na altura. Até que este mês fui à Pluricosméticas e encontrei nada mais, nada menos, que o meu amado. E pronto, não resisti e comprei-o.

Adoro a cobertura que tem, é o único capaz de me tirar as olheiras e tem um preço bastante acessível comparados com corretores de outras marcas que nem sempre tão o trabalho tão bem feito.

Ao mesmo tempo, sinto que este corretor em particular tem um aplicador um pouco estranho, dado que nunca tinha encontrado nenhum deste género. De qualquer maneira, é um daqueles produtos que comprei, usei e não me arrependi de ter comprado. Gosto bastante e aconselho a toda a gente que procura uma boa cobertura, mas ao mesmo tempo, um efeito luminoso.

By the way, se estão interessados em saber que tipo de pessoa sou, sou uma pessoa que espalha os produtos da pele com a beauty blender, nunca me dei com o tipo de pincéis indicados para espalhar bases e corretores.

 

     ☆ Máscara de pestanas

Ora máscara de pestanas é algo que me deixa sempre em dúvida e não posso dizer, após experimentar bastantes delas, que encontrei a tal. As pessoas todas adoram rímel, mas não me considero parte desse grupo, não tenho o "fetiche" por rímel, ou porque não o sei escolher ou porque simplesmente ainda não encontrei o meu chosen one. Seja qual for a razão, é aquela coisa que faz falta quando por exemplo fazemos a pele, mas não é algo indispensável.

Neste momento ando a utilizar uma da Kiko, à prova de água, com o intuito de curvar as pestanas. Prefiro esta em relação àquela que tinha antes, mas arrependo-me de não ter comprado com volume, já que é isso de que sinto mais falta.

Quero ver se invisto em algo melhorzinho, mas a ver vamos. Sou consumista, no entanto ainda tenho aquele pensamento do "um passo de cada vez".

 

     ☆ Batom

Entre batom e lipgloss sempre tive opiniões divididas. Quer dizer, apesar de gostar dos batons matte, a minha mãe não deixava que utilizasse, o que acabava comigo a sair sempre com um lipgloss na mão e deceção no fundo do coração.

Recentemente, consegui finalmente levar a minha à avante e lá consegui trazer uns batons mattes da Kiko. O meu favorito é o vermelho (para os curiosos é o a cor nº329) e eu uso-o todos os dias... faz-me sentir mesmo feliz e bem comigo própria, definately like a #girlboss.

 

     ☆ Blush

Não é propriamente, extremamente essencial. No entanto, é sempre agradável dar uma corzinha adicional às maçãs do rosto. Afinal, como diz a Taylor Swift "red lips and rosy cheeks".

Sinto que nunca tive um blush decente, e sinto bastante falta em comprar um. Talvez seja uma das próximas compras, um blush/bronzer e um iluminador, dá sempre jeito!

 

     ☆ Um pouco de motivação

Sem dúvida algo que necessito, dependendo dos dias. Estão a ver quando os dias correm mal e até a maquilhar a pele sujam a vossa camisola e até mesmo o cabelo? São dias que detesto e que às vezes tenho que superar, chega a ser de manhã e já estou desesperadamente a desejar a hora de ir para a cama, mas mais importante ainda, acordar no dia seguinte, na esperança que tudo corra melhor.

Ter uma motivação é sempre importante, especialmente quando estamos mesmo num dia não em todos os sentidos. Algo que aprendi é que, não importa o dia ou estado do tempo lá fora, eu tenho que sair de casa confiante e a sentir-me poderosa. Se isso equivale a uma cara lavadinha, então é assim que sairei.

No fundo, acredito que a maquilhagem é algo que expressa o nosso estado de espírito, mas que nem sempre é percetível a todos, já que a interpretação vai de pessoa para pessoa. Acima de tudo, gosto de me usar a mim mesma, ou seja, não quero parecer outra pessoa ou maquilhar-me a pensar noutra pessoa, mas sim em mim.

Considero a motivação um essencial para toda a gente. Não só para quando nos maquilhamos porque não nos apetece. Se não apetece e nos sentimos confortáveis, usemos a nossa carinha maravilhosa da forma como veio ao mundo. Esta parte da motivação vai mais além, passa por motivação em fazer-nos sentir bem, motivação em preparar-nos para enfrentar mais um dia e todos os obstáculos que à nossa frente serão colocados durante as seguintes 24 horas.

 

E pronto, para ser sincera, estes são os meus principais essenciais de maquilhagem. Claro que gosto de usar outras coisas, mas sinto que só isto faz algo impecável e bastante apresentável dependendo daquilo que consideram importante.

Só para terminar, para além de perguntar quais são os vossos, quero fazer uma pergunta ainda mais importante. Qual pensam que deveria ter sido o motivo por trás da criação da maquilhagem? Com isto, não vos pergunto qual foi, mas qual para vocês teria realmente algum sentido e acima de tudo, valor. Acho que é importante perguntarmo-nos isto porque acaba por nos dar uma noção de como nos sentimos acerca do tema e do quão confortável nos sentimos.

 

 

 

14
Jan18

Top 5 | As minhas séries favoritas

Olá!

Se há coisa que eu gosto de fazer é ver séries, já vi imensas e ainda planeio em ver outras quantas (nem que seja só pela fama, just to see if it's really that good). Com isto, achei que seria interessante fazer um post a falar do tema, talvez ajude alguém a responder àquela pergunta eminente - "Ver ou não ver? Eis a questão!".

Top 5 _ Séries favoritas.png

 

5. Outlander

 

Começando pelo fim e fazendo o caminho para o topo, a minha quinta série favorita é Outlander. Quando acabei de ver a minha primeira série histórica, fiquei viciada e tive a necessidade de começar outra com o mesmo contexto histórico (ou parecido, ao menos).

Basicamente, a série fala de uma enfermeira inglesa da Segunda Guerra Mundial, Claire Beauchamp. A situação inicial é a de um casal apaixonado que decide cruzar a fronteira e ir na sua "segunda lua-de-mel" à Escócia, como uma forma de passarem algum tempo de qualidade juntos após o fim da guerra, que os tinha separado durante meses.

Devo dizer que parece um pouco entediante, e que o próprio primeiro episódio o é. Talvez por ser a introdução à série, ou por eu ter tecido uma grande expectativa ao ler a sinopse. No entanto, ao decorrer dos episódios a situação vai-se tornando mais emocionante e a dúvida persiste - como é que Claire viajou no tempo e como será a reação aos demais ao descobrir que esta lhes havia mentido?

Ainda não acabei a primeira temporada (por falta de tempo), no entanto as minhas amigas começaram a ver depois de mim e já vão na segunda temporada, dizem que ficaram viciadas e completamente rendidas ao enredo.

4. Shadowhunters

 

Shadowhunters é aquele tipo de série que é diferente, talvez por ser baseada num livro, o que não é lá muito comum. Geralmente encontramos filmes baseados em livros, não séries.

A história gira em torno de Clarissa Fray, ou Clary, quando descobre no dia do seu 18º aniversário que havia todo um mundo completamente diferente do mundano em que vivia e que conhecia como sendo único, sendo que ela própria faz parte desse mundo completamente louco cheio de feiticeiros, vampiros, demónios, lobisomens e até mesmo caçadores de sombras!

É uma série que recomendo a todos os amantes da fantasia e do sobrenatural. Eu comecei-a há um ano e estou, neste momento, à espera do começo da 3ª temporada, que certamente contém grandes aventuras, tal como as temporadas anteriores. É fácil de ver porque não tem episódios muito grandes e cansativos de ver, é bastante bom para nos entreter e quando damos por ela... já acabamos a série e temos que enfrentar uns meses de espera.

3. Reign

"Long may she reign" (quem já viu compreenderá de onde vem).

Reign acompanha a vida de Mary Stuart, Queen of Scots desde que esta tinha 15 anos e era uma menina inocente e feliz, que era Rainha desde que era uma bebé, até ascender como uma Rainha poderosa que havia perdido a sua inocência. A história começa quando ela está na França para casar com o seu futuro Rei, de forma a garantir uma aliança forte e saudável que beneficia a Escócia, que se encontra à beira da ruína devido à guerra com os Ingleses, e como um meio de proteção para si própria.

Esta série, para todos os amantes de História não dizerem que os enganei, não é propriamente fiel à realidade. Digamos que é aquele tipo de série histórica que simplesmente escreve por linhas tortas. 

No entanto, é uma série excelente para passar tempo e para entreter. Vi-a rapidamente e devo dizer que me deixa imensas saudades. Tenho saudades de ver a Mary governar, bastantes!

2. The 100

 

The 100 é aquele tipo de série que nunca pensei que gostaria, vi apenas porque me apeteceu após alguma insistência das minhas amigas.

A história gira em torno de 100 jovens que viviam numa comunidade no espaço que são enviados para a Terra, quando esta tinha sido bombardeada e destruída pela radioatividade 97 anos antes. Assim que chegam, descobrem que a Humanidade não havia sido destruída como estes acreditavam anteriormente e que a Terra é um lugar perigoso, e não é pela radioatividade...

Esta série foi uma das séries que vi mais rapidamente de tão boa que é! Simplesmente conquistou-me de imeadiato, sem ser preciso passarem algum número de episódios. Talvez o facto de ser uma série futuristica me tenha feito gostar bastante dela. Para além disso, é baseada em livros, o que dá sempre aquele indício de ser bom.

1. Teen Wolf

 

Eu sei, eu sei... pouco ou nada a ver com aquilo que era esperado e com tudo aquilo que apresentei anteriormente. No entanto, foi a primeira série que vi a sério, logo marcou-me.

A história gira em torno de um adolescente de 16 anos chamado Scott McCall que é mordido por um lobisomem na noite anterior ao começo de um novo ano escolar, quando vai com o seu melhor amigo, Stiles Stilinski, para a floresta em busca de metade de um cadáver.

Esta série é ótima e uma vez que comecei a vê-la, percebi que apenas melhorava e não pude evitar vê-la numa semana. Infelizmente acabou em 2017, o que me deixou muito triste, mas eu estou crente que ainda irão fazer um spin-off!

E basicamente, estas são as minhas cinco séries favoritas. Não foi uma escolha fácil ordená-las, mas acho que expressei bem os meus gostos... mistos... aqui!

Pesquisar

Sobre mim

foto do autor

Mensagens

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D