Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Chávena de Chá das Cinco

É chávena de chá só que agora bebe-se café

Chávena de Chá das Cinco

É chávena de chá só que agora bebe-se café

11.09.19

#27 Carlota Isabel, mas o que é que vem a ser isto?

Carlota
Isso pergunto eu! Mas o que é que raio vem a ser esta pequena demonstraçãozinha? Como sabem (ou caso não saibam ficam a saber), eu comecei o meu 12º ano nesta segunda-feira e deixem só que vos diga que tenho o melhor horário da história do secundário. Tenho as tardes todas livres menos a de terça feira e só vou às aulas quatro dias por semana, por isso digam lá se não é fixe! Para além do mais na terça-feira, as aulas que tenho de tarde são mesmo tranquilas portanto (...)
12.11.18

Depois da paz, vem a tormenta

Carlota
Esta é a frase que descreve o meu mês de novembro. Como todos sabem, novembro é sinónimo de testes, exames, frequências, elaborações de orçamentos, you name it. O facto é que, há sempre uma semana que faz a separação desta força da natureza, desta catástrofe natural, do restante mês atribulado com conta, peso e, acima de tudo, medida. Essa semana amada, mas ainda assim profundamente odiada, é esta semaninha (pelo menos para mim). Tudo bem que tenho uma apresentação de (...)
10.11.18

#25 Carlota Isabel, mas o que vem a ser isto?

Carlota
Ontem tive teste de Português que, como já partilhei por estes lados, é sempre equivalente a um desastre maior que o da bomba de Hiroshima (e mesmo assim...). Os seus efeitos colaterais na média de todos os alunos que tiveram o infortúnio de o ter como professor (mas vá, não quero ser má. É só nesse aspeto, porque como pessoa é impecável) são catastróficos, desde alunos de 20 a mal conseguirem ter positiva no teste.  Enfim, ora eu estava toda apreensiva por não saber (...)
05.11.18

#22 Carlota Isabel, mas o que vem a ser isto?

Carlota
Há umas duas semanas atrás, não menos que isso, saí da aula de Economia a chorar aos prantos. E quando digo que saí da aula de Economia quero dizer que me levantei e saí quase que a correr (isto porque isso já é sonhar alto demais, quereria dizer que já estava de volta em forma, o que não é verdade) porta fora. E antes que pensem, isto na minha escola não funciona assim só que eu nem pensei, eu só fui. Então, finalmente desenvolvendo o tema que já devem estar cansados de (...)
27.10.18

É de uma falta de civismo...

Carlota
E se fosse só uma falta de civismo, a coisa apesar de má, ainda era capaz de ser engolida, ainda que muito a contragosto. No entanto, o episódio em causa é repugnante e é uma verdadeira falta de, não só civismo, como de elegância, educação, cultura, responsabilidade... enfim, é uma falta de tudo aquilo que é necessário para viver em sociedade. Este ano, talvez porque ano passado não fosse assim, sinto que a minha escola está sobrelotada. Para aqueles que não sabem, eu ando (...)
24.10.18

#20 Carlota Isabel, mas o que vem a ser isto?

Carlota
Apesar de ter sido um excelente dia, este dia não foi assim tão excelente. Não sei se sabem ou se isto se tornou uma regra institucional qualquer, mas às quartas-feiras eu, pelo menos, não tenho aulas durante a tarde. E isto é bom porque é a única tarde livre na qual consigo estudar e dedicar-me a 100% à escola, sendo que também é a quarta mais produtiva de toda a minha semana (contanto até com o fim de semana), até porque sei que se não fizer, nunca mais volto a fazer mais nada. O problema é que hoje eu estou mesmo estourada, tenho imenso sono e, se eu pudesse, deitava-me na minha cama e tirava um cochilo (cochilo esse que bem precisava), só que isso trocaria as minhas rotinas (que já são poucas) e tiraria tempo (...)
13.10.18

#19 Carlota Isabel, mas o que vem a ser isto?

Carlota
Lembram-se daquele teste de que falei no último post? Pronto, mesmo que não tenham lido passam a saber que tive um teste de matemática ontem. Estava super bem preparada, nunca me tinha sentido tão bem preparada na vida. Até que pronto, recebi o enunciado. Eu nem sei como correu, se bem ou se mal, mas boa nota não vou ter de certeza. Até porque falhei perguntas mesmo estúpidas (mas ao menos acertei as mais difíceis, mal o menos). O teste está dividido em duas partes, uma com (...)
11.10.18

#18 Carlota Isabel, mas o que vem a ser isto?

Carlota
Amanhã tenho um teste de matemática mesmo a meio da manhã, o que faz com que eu, pessoa que pouco percebe do assunto, tenha oportunidade de estudar mais um pouco e tirar dúvidas com as minhas colegas entendidas no assunto. Como já mencionei anteriormente, aliás em diversas alturas, eu nunca fui uma aluna brilhante a Matemática, a minha classificação mais alta do secundário até ao dia de hoje é 13 e a mais baixa foi um 7 que acabou por não contar, fazendo assim a nota mais (...)
29.09.18

#14 Carlota Isabel, mas o que vem a ser isto?

Carlota
Como todos sabem (pessoal que já passou por lá) ou devem calcular (pessoal que ainda está para passar), os anos do secundário são verdadeiras novelas mexicanas carregadinhas de drama, de boatos, de mexericos, de relações fast-food e tudo aquilo que possam imaginar relacionado com estes poucos exemplos do que é a vida do Secundário. É engraçado como na Preparatória, ou 2º e 3º ciclo (como quiserem chamar) já era assim, e que estando com um pé na Faculdade e um no (...)
27.09.18

Às vezes a escola não é o mais importante

Carlota
Às vezes seguir o programa não é o mais importante. Às vezes a matéria que cismam em despejar-nos para cima não é o mais importante. Às vezes apontar o dedo e dizer que os alunos não trabalham não é o mais importante. Às vezes distribuir culpas porque vamos "atrasados" não é o mais importante. No fundo, nada disso é o mais importante às vezes, e hoje foi uma dessas vezes. Choca-me, irrita-me, repugna-me e enoja-me como é que é possível ser-se tão frio perante as (...)