Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Chavena de Chá das Cinco

Uma chávena de chá, um prato com biscoitos e conversas intermináveis

Chavena de Chá das Cinco

Uma chávena de chá, um prato com biscoitos e conversas intermináveis

14
Set18

Ser adolescente hoje em dia num minuto

Um minuto sobre o que é ser jovem no século XXI, na década dos 10. Em grande parte (se não completamente) somos todos do novo século e todos nos deparamos com aquela questão do ser adolescente. Há séries e filmes que "retratam" o que é ser-se adolescentenos dias de hoje, mas será que é mesmo assim? Será que são 90% do filmes e artigos escritos e realizados por adultos que mostram o que é realmente ser adolescente na atualidade?

Desde que me lembro que o meu sonho era ser adolescente, mas mais que isso, eu queria desesperadamente ter 16 anos e viver a experiência que tantas vezes vi em televisão ou no grande ecrã. Todos os vídeos, as canções, os filmes, por vezes até os documentários me seduziam a querer que essa altura chegasse. Até que ela chegou. E quando ela chegou senti-me enganada.

Ser adolescente hoje em dia, não é ir à escola e chegar a casa e ver séries ou ter amigas constantemente em nossa casa. Não é ter o namorado e a família perfeita. Não é sair pelos parques todos e comer algodão doce ou gelado. Não é ir ao shopping e trazer as lojas de roupa atrás. 

Por outro lado, ser adolescente não é extorquir os pais. Não é nada como os adultos o descrevem, não é andar aí a ser um retrato das críticas que nos têm que tecer até porque se não o fizessem, não aguentariam nem mais um segundo na face da terra. 

Ser adolescente é sorrir e ter telemóvel. Para todos os efeitos ser adolescente é depender das publicações do Instagram ou do lendário feed perfeito porque como diz o ditado popular circulante por aí "Os perfis de uma pessoa dizem muito sobre ela". E sabem que mais? Não podia ser mais ficticiamente verdade.

Aos olhos dos meus colegas de turma, eu sou a pessoa que deio transparecer e, como tal, o meu Twitter, as minhas fotos e as coisas que publico seja onde forem, são o espelho da personalidade que todos conhecem. Mas quem sou eu? Não sei.

No fundo quero ser aquilo que agrade os outros. Quero agradar a todo o mundo mas não sei como conseguir tal proeza. Gosto do que os outros gostarem. Dou like e sigo quem os outros considerarem. Tiro fotografias com poses que não lembram ao diabo com o único propósito de mostrar que tudo é ótimo e que não há razões para duvidar do facto de eu ser a criatura com idades compreendidas entre os 13 e os 18 anos de sempre.

Os 16 anos são descritos por todos como a idade das primeiras coisas. Quase tudo o que fazemos a este ponto é pela primeira vez, ou pelo menos, assim diz o esterótipo. É aqui que nos dividimos. Quem tiver experienciado certas situações é "grande rei/rainha". Quem não o tiver feito deve mesmo continuar na ignorância dos outros, porque caso saibam com provas que isso é assim vocês são postos de lado.

Pode parecer um pouco à toa, mas todos sabem que a única série que considero fiel ao que é ser a adolescência, chama-se Skam. Se me identifiquei com o original, hoje quando encontrei o trailer da versão espanhola tudo fez ainda mais sentido.

Assim, deixo-vos aqui o espelho de tudo aquilo que sinto quanto ao que é ser adolescente hoje em dia numa compilação de um minuto.

 

2 comentários

Comentar post

Pesquisar

Sobre mim

foto do autor

Mensagens

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D