Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Chavena de Chá das Cinco

Uma chávena de chá, um prato com biscoitos e conversas intermináveis

Chavena de Chá das Cinco

Uma chávena de chá, um prato com biscoitos e conversas intermináveis

22
Out18

Review | DUFF

Hoje é segunda-feira e, como tal, decidi trazer-vos uma review que tenho vindo a adiar pois nunca soube como a fazer de forma a fazer justiça a um dos livros que li e dos quais mais gostei na vida.

Para quem não sabe, DUFF significa Designated Ugly Fat Friend, ou seja, é a amiga feia e gorda de qualquer grupo. No fundo, penso que sabem de onde quero partir, visto que já fiz um post em que expliquei ponto por ponto de que forma me identificava com o conceito (se estiverem interessados, leiam aqui). Com isto, li o livro na altura em que este conceito se tornou a minha mais pura realidade e lembro-me de o chorar a ler.

Sei que também há um filme, mas em comparação ao livro é tão ridículo que nem me vou dar ao trabalho de falar dele. Vou focar-me naquilo que aqui me trouxe - apresentar-vos um livro genuíno que merece ser lido.

Com isto, não quero dizer muito acerca do livro, até por penso que já têm uma boa ideia daquilo que sinto por ele - uma história verdadeira, genuína, e que acima de tudo é protagonizada por uma rapariga com a qual muitas desse lado se podem identificar.

Por isso, aproveito para vos deixar uma sinopse mais abrangente e também a imagem do livro, isto se estiverem interessados em ler. Vale a pena. Deiam uma oportunidade ainda que pareça apenas mais um drama adolescente. Não é. É real.

 

Bianca Piper não é a rapariga mais bonita da escola, mas tem um grupo leal de amigas, é inteligente e não se importa com o que os outros pensam dela (ou ela acha). Ela também é muito esperta para cair na conversa mole de Wesley Rush - o rapaz bonito, rico e popular da escola - que a apelida de DUFF, sigla em inglês para Designated Ugly Fat Friend, a menos atraente do seu grupo de amigas. Porém a vida de Bianca fora da escola não vai bem e, desesperada por uma distração, ela acaba beijando Wesley. Pior de tudo: ela gosta. Como válvula de escape, Bianca se envolve em uma relação de inimizade colorida com ele. Enquanto o mundo ao seu redor começa a desmoronar, Bianca descobre, aterrorizada, que está se apaixonando pelo garoto que ela odiava mais do que tudo.

 

 

 

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Pesquisar

Sobre mim

foto do autor

Mensagens

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D