Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Chávena de Chá das Cinco

É chávena de chá só que agora bebe-se café

Chávena de Chá das Cinco

É chávena de chá só que agora bebe-se café

E o Natal se avizinha

Carlota, 19.11.18

Certamente não devo ter sido a única que já montou as decorações todas fofas para o Natal, ou pelo menos,  não sou a única a viver numa casa dominada pela magia do Pai Natal, das suas renas compinxas e também de Jesus Cristo e os seus Reis Magos que pronto, são como uma espécie de Pai Natal da altura.

Enfim, cada vez que esta altura se aproxima, a preocupação com o que se vai dar àquele, quanto se vai dar, mas acima de tudo, aquilo que esse nos deu ano passado, que é para não embrulhar e dar de volta (já presenciei uma gafe dessas, beeem cringe). Mas onde quero chegar com isto? Ah, claro. Aos bonitos exemplos que tenho cá por casa, como é mais que óbvio.

A minha mãe anda há cerca de um ano a babar-se pelo "Yes, I Am" da Cacharel. O meu pai, por outro lado, anda a esquivar-se a dar-lhe isso como presente. Numa conversa que tivemos no carro, ele diz que ainda que seja  um "grande apreciador de perfumes", não consegue compreender a insistência da minha mãe em querer gastar tanto dinheiro num perfume que nem sequer é clássico, como o Amor Amor, por exemplo.

E pronto, eu ouço/vejo a minha mãe namorar o desgraçado do perfume e enumerar todas as suas qualidades cada vez que entramos numa perfumaria, mas também ouço/vejo o meu pai a reprovar esse namoro.

Tão cansada desta situação, ajudei o meu pai a arranjar a solução ideal para todos - ele compra-lhe o perfume e gasta menos dinheiro. E como? É simples! Ela não tem que saber se o perfume foi comprado na Sephora ou na Douglas ou na Perfumes e Companhia, ela tem que o ter nas mãos. Por isso, estava eu no outro dia a navegar na internet após ouvir outra palestra acerca do mesmo, quando me deparei com um site que iria agradar a gregos e a troianos - o Perfumes.pt.

Basicamente, este é um site onde podemos encontrar várias oportunidades e várias promoções, que fazem com que a carteira sorria em alívio e continue mais gordinha, mas que ao mesmo tempo nos fazem concretizar aquela fantasia de Carrie Bradshaw (vamos ser honestos, qual a mulher que não tem essa fantasia?). Deiam por lá um saltinho e pode ser que encontrem o vosso negócio da China (admitam lá se não calhava mesmo bem).

E vocês devem estar a perguntar-se "Mas desde quando é que ela se interessa assim tanto pelo bem estar comum?". Desde nunca! Só me preocupo para lhe ir roubar o perfume às vezes, assim bem na clandestinidade. Eu sei, eu sei, sou a filha do ano.

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.