Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Chávena de Chá das Cinco

É chávena de chá só que agora bebe-se café

Chávena de Chá das Cinco

É chávena de chá só que agora bebe-se café

Dom | 07.01.18

Book Review | Eleanor & Park

Carlota

"Eleanor & Park" é um romance juvenil acerca de dois jovens inadaptados, cada um com os seus problemas, que por mera coincidência se conhecem numa manhã como qualquer outra no autocarro, em direção à escola.

Eleanor é uma menina ruiva que sofre de bullying na escola e tem problemas familiares a níveis dramáticos. Park é um rapaz coreano que simplesmente gosta estar no seu canto, sem chamar muito a atenção.

O que poderiam Eleanor e Park ter em comum? Aparentemente nada para além da esquisitice visível a olho nu.

O interessante da história é precisamente isso, - Eleanor e Park não são dois adolescentes estereótipo e clichê - estes dois "esquisitos" serem diferentes de todas as outras personagens principais de romances adolescentes.

Ainda assim, vivem um romance como o de qualquer adolescente, intenso e terno, mas de alguma forma único e cruel. Porque a vida deles não é a mais fácil, depende das interpretações.

Uma vertente que achei interessantíssima neste livro foi o facto de, para além de Rainbow Rowell ter fugido ao clichê do romance adolescente, ela também fugiu ao clichê de existir apenas um narrador.

A história é narrada por Eleanor e Park, o que nos faz perceber com mais facilidade, as posições e os pensamentos que ambos têm acerca do desenrolar da ação. Torna a compreensão da histórica muito mais clara, visto que mostra os esqueletos que ambos escondem no armário, onde também guardam os sentimentos que vão desabrochando com o passar do tempo.

Comprei este livro quando fui sair com as minhas amigas do 9º ano durante as férias do Natal, e adorei-o. Elas já o tinham lido e aconselharam-mo porque sabem que seria o meu tipo de livro, e elas acertaram.

Gosto de livros que mostram vários obstáculos e que me façam entender e viver os problemas da personagem com ela, e este livro deu-me essa vertente de uma forma incrível. Bastou-me ler a sinopse para ter a certeza que seria algo bem escrito e que eu gostaria.

Sem dúvida, é um livro que aconselho a todos os amantes de romances porque penso que nos mostra algo distindo do que se lê constantemente. Nem sempre o diferente é necessariamente bom, mas neste caso, garanto-vos que é uma mudança bastante positiva.

Deiam-lhe uma chance, nem que seja para se lembrarem daquela sensação que é estar-se apaixonado na adolescência (que convenhamos é das coisas mais estranhas e ao mesmo tempo agradáveis de sempre), porque acredito que vos vá fazer viajar para essa altura da vossa vida.

 

 

 

2 comentários

Comentar post