Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Chavena de Chá das Cinco

Uma chávena de chá, um prato com biscoitos e conversas intermináveis

Chavena de Chá das Cinco

Uma chávena de chá, um prato com biscoitos e conversas intermináveis

02
Nov18

#3 Sunshine Blogger Award Tag

Ora a JustAnOrdinaryGirl nomeou-me para esta tag pela qual eu tenho um gosto particular em responder, isto porque ainda que siga sempre o mesmo nome, as perguntas são sempre diferentes (independentemente do facto de, por mera coincidência, uma pergunta ou outra se repetirem) e dão sempre muito a conhecer das pessoas que fazem o post. Por isso, agradeço-te imenso a nomeação!

Portanto, e sem me demorar muito, vou responder às perguntas que me deixou e vamos lá ao ponto da questão!

 

1. Qual é o teu maior sonho?

O meu maior sonho é aterrar com o meu helicópetero privativo no meio do pátio do colégio, mesmo ali podendo. Vá, mentira, era uma piadinha seca!

O meu maior sonho é ser uma profissional bem sucedida, mãe, e acima de tudo, feliz e realizada.

 

2. E qual o teu maior medo? 

Eu tenho fobia a insetos, mas penso que não seja isto que a pergunta quer como resposta. Por isso, talvez o meu maior medo seja falhar. Eu tenho um grande medo de falhar, em parte por ser muito perfecionista.

 

3. Como surgiu o nome do teu blog? 

Surpreendentemente e humoristicamente. Foi mesmo assim e no gozo. Eu precisava de um nome e não tinha, então no gozo pus "Chávena de Chá das Cinco" a pensar "Epá, mesmo nome à velhota, nem a Rainha de Inglaterra criava um blog com este nome!". Entretanto, o que era para ser provisório até ao meu primeiro post e durante todo o período de personalização, acabou por se tornar definitivo ao ter-me ficado no ouvido. E pronto, aqui estamos nós hoje, dia 2 de novembro de 2018 (se bem que para mim ainda é dia 30 de outubro. Lá está a internet a fazer a sua magia negra).

 

4. Qual foi a melhor coisa que teres um blog te trouxe? E a menos boa?

A melhor coisa foi a experiência e também as pessoas, como é óbvia. O eu criar um blog deu-me uma noção de um mundo para lá daquele que eu conhecia e que eu nunca teria conhecido se não tivesse sido maluca, acordado e atirado-me de cabeça. Mas foi isso que eu fiz e hoje estou aqui, quase um ano depois, mais que satisfeita com esta decisão (nunca pensei que duraria tanto tempo, dava no máximo um mês. Ai agora pareço aquela que se arma em adivinha e avalia o tempo de duração dos casais tipo aposta. Wtf...). 

Quanto à coisa menos boa (até porque não considero nada disto mau), foi outra visão das pessoas do lado de lá. Apesar de a comunidade da blogosfera em si ser mais que cinco estrelas, alguns comentadores são mesquinhos e por vezes desagradáveis. Foi algo que não gostei muito, mas que até foi bom para eu conseguir aprender a lidar com este tipo de situações. No fundo não houve nada muito mau, se muito pode também ter sido a minha falta de disponibilidade que também tinha uma falta de organização elevada pelo meio (já melhorei, ainda que seja uma autêntica desorganização).

 

5. Se pudesses voltar atrás no tempo e mudar uma coisa, o que mudarias?

É muito difícil pensar nestas coisas, até porque nos leva a uma introspeção na nossa vida e em nós mesmo, o que é bastante profundo. Mas como eu gosto destas coisas, vou fazer na mesma e vou partilhar com vocês que, se eu pudesse voltar atrás no tempo, eu teria sido mais cuidadosa com as pessoas que me rodeiam. Hoje eu sei isso, mas na altura eu era mais ingénua ou mesmo apenas inocente, o que me levou a arrepender-me mais no futuro.

 

6. Qual foi a coisa que mais te arrependes de ter feito?

Poderia completar com a resposta acima, mas não abriria um pouco mais da Lotinha, que vocês tanto estão curiosos para conhecer. Portanto, assim algo que eu me arrependo amargamente de ter feito foi, sem margem para dúvidas, ter deixado que me usassem como brinquedo (como já falei melhor noutro post). Nunca devia ter permitido tal coisa e nunca devia ter permitido que me humilhassem da maneira como fizeram, independentemente de quem sejam as pessoas, é algo que nunca se pode fazer. Não podemos compactuar com tais atos, pelo nosso próprio bem e pela defesa em tudo aquilo que acreditamos.

 

7. Se alguém fizesse um filme sobre ti, como seria (história, alguma personagem, título, género...)

Esta é uma pergunta curiosa, até porque já partilhei que uma amiga minha e eu estamos a elaborar uma história cuja personagem principal é inspirada em mim.

Agora, se alguém fizesse um filme sobre mim provavelmente seria uma mistura de géneros, mas acima de tudo mostraria um lado muito mais pessoal meu que eu evito que transpareça muito para os meus posts, mas que por vezes é inevitável que isso aconteça.

Provavelmente falaria brevemente da minha infância e exploraria muito a minha adolescência e tudo aquilo pelo qual tive que passar (e não me estou a queixar), a personagem seria a Charlotte ou a Carlota mesmo, e o título... seria inspirador, mas não me ocorre nada que merecesse essa importância na minha história.

 

8. Se só pudesses comer três coisas para o resto da tua vida, o que escolherias?

Pizza de chourição e extra queijo, ovos (cozinhados de todos os tipos) e esparguete. Eu sou viciada e, ainda que fosse enjoar ou mesmo correr riscos de engordar, tenho fé que no universo paralelo em que isso se tornaria realidade, tal barbaridade não fosse acontecer.

 

9. O que serias capaz de fazer para ajudar um amigo que estivesse metido nalgum problema mesmo complicado?

Infelizmente já perdi amigos para problemas muito complicados, questões essas que não tenho o direito, ou das quais quero sequer falar sobre. No entanto, eu sou daquelas pessoas que era capaz de ir muito longe por um verdadeiro amigo. Nem todas as pessoas são capazes de se comprometer como eu, quando o assunto é a amizade. Provavelmente ia até às últimas consequências mesmo, ainda que me fosse detestar na altura, ir-me-ia agradecer um dia. Não sou capaz de compactuar com algo que os possa tirar de mim.

 

10. Como descreverias o teu par ideal?

Ai, eu adoro estas perguntas! Pois então, o meu par ideal é um rapaz com ação, romântico mas nada de lamexices, alguém que não fosse de demonstrações de afeto públicas, que tivesse um bom sentido de humor e que, acima de tudo, percebesse que haviam limites e respeitasse esses limites. Agora, confesso que sou das dos bad boys. Como diz a música All good boys go to heaven, but bad boys bring heaven to you.

 

11. Se só pudesses, durante um ano, ouvir 5 músicas, quais seriam?

Do I Wanna Know dos Artic Monkeys, Nobody's Home da Avril Levine, I Think I'm in Love da Kat Dahlia. The Hills do The Weeknd e Alive da Sia. Foi uma escolha difícil e eu decidi escolher uma música para diversas ocasiões. Agora, estas estão longe de ser as minhas favoritas, bem longe.

 

Ora, chegou à minha altura de colocar as mágicas 11 perguntas que os 11 desgraçados que vou nomear vão ter que responder. Preparem-se pobres coitados porque terão que contar timtim por timtim todos os detalhes para estas respostas:

 

1. Preferias que os outros te pudessem ler os pensamentos ou que tu fosses obrigado(a) a dizer tudo aquilo que te viesse à cabeça?

2. Qual é aquela série que podias rever 1000 vezes e ainda assim gostar tanto como da primeira vez?

3. Qual é/era a tua disciplina favorita na escola?

4. Qual foi aquela coisa que sempre quiseste mas nunca tiveste?

5. O que é que comes ao pequeno-almoço?

6. Qual a tua festividade favorita?

7. Qual a tua cor favorita?

8. Preferias ficar sem telemóvel ou sem computador?

9. Se pudesses viajar no tempo para que altura viajarias?

10. Descreves-te como leitor(a) voraz?

E agora a 11ª e a verdadeira, grande, derradeira pergunta...

11. Instagram ou Snapchat?

 

E pronto, os 11 desgraçados que vão ter que responder a esta tag são a ChitChat Girl, a Sofia, a Maria, a Mariana, a Inês Brito, a Lara Raquel, o Gonçalo, o Pinguim, a Raquel, a Marta e a Mary Jane.

Espero que tenham ficado a conhecer um pouquinho mais aqui a personalidade por trás do ecrã e tenham uma boa sexta-feira. Só mais umas horas de trabalho e outras quantas no trânsito e estão finalmente em casa! Yupi!

12 comentários

Comentar post

Pesquisar

Sobre mim

foto do autor

Mensagens

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D