Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Chavena de Chá das Cinco

Uma chávena de chá, um prato com biscoitos e conversas intermináveis

Chavena de Chá das Cinco

Uma chávena de chá, um prato com biscoitos e conversas intermináveis

26
Jun18

A minha primeira experiência no Secundário

Sei que já falei disto anteriormente, mas agora que tudo está definitivamente acabado (já recebi as notas e vou fazer a renovação de matrícula ainda esta semana), quero contar a minha experiência integral nesta coisa do secundário.

First things first, tive imensas disciplinas (frequento uma escola com programas próprios financiados pela Europa), algumas teóricas (disciplinas de exame) e algumas disciplinas práticas (disciplinas lecionadas no Ensino Superior). Apesar da grande carga horária, não sinto que tenha sido um ano muito difícil, no seu geral. Claro que houve matérias em que bloqueei, e cheguei a ter break downs.

Lembro-me de chorar de cansaço e frustração, ou porque esta stressada ou porque me sentia subcarregada ou porque os resultados nem sempre corresponderam às minhas expectativas. Recordo-me particularmente na altura em que fiz diretas a estudar, acabava por ir para os testes cheia de dores de cabeça e com vontade de vomitar para cima do teste.

Não desfazendo, também sei que houve momentos melhores. Por exemplo, orgulho-me particularmente das notas do 1º período (ainda que a média das mesmas me desse uma média muito mais baixa que aquilo que considerava), pois contradisse o padrão que todos me pintaram sobre a dificuldade do secundário.

Tenho que admitir que foi um ano muito difícil para mim. Entre ter que lidar com problemas pessoais, assuntos escolares, a adaptação a um sistema de ensino completamente diferente daquele ao que estava acostumada, e ao ver-me sem as minhas amigas do costume, que eram o meu porto seguro.

Fui para o colégio que frequento absolutamente sozinha. As minhas amigas seguiram o seu caminho, mas ainda se viam porque eram da mesma escola. Eu fiquei sozinha e tive que começar do zero. No início do primeiro período chorei com as saudades, sentia que não pertencia ao lugar onde me encontrava, não sentia grande confiança com as pessoas (como ainda não sinto com a maior parte), e quando as coisas corriam mal pessoalmente podia apenas mandar mensagem ao meu grande, especial amigo, que acabou por se afastar de mim a longo prazo (ainda falamos, mas já não tanto quanto antes).

Tenho que reconhecer, que ainda contando com todas as dificuldades a níveis de matéria (leia-se Matemática A em específico), dos problemas que tive que enfrentar durante este tempo, e ainda dos meus problemas de adaptação, consegui atingir o objetivo principal - a média com a qual o último aluno da Faculdade que pretendo frequentar entrou no ano passado.

Aproveito para compartilhar qual é a Faculdade que tenho debaixo de olho, que é a FEP (Faculdade de Economia do Porto). Assim, ainda que duvido que se interessem, compartilho com grande alegria que consegui uma média relativamente alta, suficiente para eu ter uma base no ingresso à Faculdade.

Assim, para todos aqueles que vão entrar agora no secundário, aconselho apenas que não temam o desenho exagerado que vos está a ser pintado, só vos cria ansiedade e isso não é benéfico. É preciso mais trabalho, mas mesmo assim, não é tão dramático quanto é pintado (a menos que não tenham qualquer hábitos de estudo).

Espero que os exames tenham corrido bem a todos aqueles que se proposeram a fazê-los, e muito boa sorte para aqueles que vão agora ingressar o Ensino Superior. Para aqueles que continuam no Ensino obrigatório, para o ano há mais, por isso aproveitem as férias enquanto podem (elas passam mais rápido que o que pensamos).

 

25
Jun18

SKAM e o impacto na sociedade

SKAM, "Vergonha", em potuguês. Para os mais ligados às redes sociais são capazes de já ter ouvido falar da série norueguesa que se tornou viral por todo o mundo.

Retrata a história de um grupo de jovens de secundário que vivem em Oslo e frequentam a tão famosa escola - que é mesmo real e na maior parte dos atores estudou - Hartvig Nissens, mais conhecida como Nissen.

A série possui quatro temporadas em que, apesar de seguir as ligações dos jovens estudantes, centraliza um deles em cada uma das temporadas. Há vários temas referidos ao longo da série, temas tabu e que são importantes porque nos confrontam com uma realidade que não integra somente a sociedade norueguesa, como a sociedade mundial em que vivemos. São exemplos a religião, a desigualdade de géneros, a homossexualidade, o bullying, os distúrbios alimentares, a exclusão social... entre outros que não possuem tanto destaque.

Durante a primeira temporada, temporada que foca a Eva, somos apresentados àqueles que vão ser as personagens principais da série, entre eles as amigas da Eva, - Noora, Sana, Vilde e Chris - o namorado e o melhor amigo do mesmo - Jonas e Isak, respetivamente - e os rapazes mais velhos e populares da escola - os Penetradores, sendo os jovens com mais destaque os charmosos e populares William Magnusson e Chris Schistad.

Mas como é que todos eles se conhecem? Graças àquilo em que a série gira em volta, uma tradição norueguesa chamada Russ Bus. Basicamente, este consiste em comprar um veículo (autocarro, carro ou caravana), decorá-lo ao seu gosto. No último ano, os participantes fazem um desfile e festas no seu veículo, sendo premiados em diferentes categorias. A época do Russ abre a 20 de abril e acaba a 17 de maio, o dia da Constituição Norueguesa. Durante este período de tempo, os jovens devem vestir um macacão de uma cor só (vermelha, azul e preta, habitualmente) e organizarem as suas festas no seu bus, "enfrascando-se" em álcool, e tendo que ir às aulas.

O problema constante da série gira em torno do Russ Bus, sendo este a causa do relacionamento de muitos personagens, bem como das discussões entre eles e da organização das festas, onde alguns desentendimentos têm tendência em florescer.

O que pensei sobre a série? Achei pertinente. Identifiquei-me com algumas das situações retratadas e com os pontos de vista dos adolescentes em análise. É interessante ver o seu percurso, pois se muitos crescem, outros regridem (pelo menos na minha opinião).

No geral, recomendo a que vejam porque faz-nos ver o mundo de outra forma, e até porque as mensagens que passam aplicam-se sempre. After all "Everyone you meet is a fighting battle you know nothing about. Be kind. Always."

 

22
Jun18

As peças que me chamaram à atenção

Época de saldos. Descontos, promoções, artigos lindos e oportunidades magníficas. A altura do ano em que todos os consumidores compulsivos invadem as lojas e compram, compram, maravilham-se e... compram? E eu, minha gente, eu sou uma shoppaholic admitida. Por essa mesma razão, e perante a necessidade urgente e o cativeiro no qual estive graças ao facto de ter descoberto que o dinheiro não é infinito, não aguentei mais e deixei-me ir um bocadinho. Não comprei muito, mas confesso que já lá fui duas vezes - e foram as duas no início desta semana.

Portanto, perante a minha viagem a algumas lojas, eu decidi que estava na altura de partilhar aquilo que adquiri e aquilo que ainda vou adquirir, mas que como caça descontos que sou, ainda não comprei porque estou à espera que baixe um pouco mais ainda. Assim, cá vamos nós!

 

fato de banho riscas.jpg

 Tezenis22,90€

 

Quando fui à Tezenis no outro dia à procura de um fato de banho para iniciar a época balnear (e já iniciei a minha, já estou a ficar bem morenita), decidi ir à Tezenis porque tinha visto no site uns muito giros (e os vídeos da Sofia BBeauty também dão aquele hint básico) e também porque todas as outras lojas acabavam por ser ridiculamente caras (talvez seja mentira, eu é que pronto, sou forreta) e não me davam aquela sustentação ao peito de que necessito devido ao meu problema.

Acabei por experimentar este, que é muito giro e nas minhas cores favoritas, e que on top of that traz uma espécie de soutien imbutido, o que acaba por me dar o suporte de que necessito. Já utilizei e nunca me senti tão confortável, o material é ótimo (apesar de por dentro ter ficado meio amarelo, mas era impercetível até à lavagem) e as riscas quebram um pouco a minha figura, que era o que eu pretendia.

 

vestido folhos.jpg

 Tezenis14,90€

 

Quando estava prestes a entrar no provador para experimentar toda a roupa de banho que tinha em mãos (porque eu nunca fico bem numa só), acabei por avistar isto e fui a correr e colocar o vestido no monte que ia levar para dentro dos provadores. Acabei por trazê-lo também e não me arrependo nada.

Adoro o facto de este vestido ser cruzado nas costas porque fica extremamente bonito. O lado bom que é um vestido versátil porque apesar de gritar praia, pode ser utilizado para uma saída naqueles bares da praia. Podem utilizar um fato de banho, uma t-shirt branca ou até mesmo sem nada se por acaso se sentirem confortáveis (eu gosto de ver). Existe também em preto, se estiverem interessadas.

 

camisa de noite.jpg

 Oysho15,99€

 

Há já algum tempo andei a cobiçar camisas de noite do género desta, acetinadas e bem...bonitas. Simplesmente não a comprei porque não havia em stock na loja a que eu fui. No entanto, durante esta época de saldos pretendo adquiri-la porque é simplesmente a coisa mais linda e sofisticada que eu poderia desejar.

 

blazer.jpg

 H&M29,99 (?)

 

Este blazer foi o achado dos achados, porque apesar de o site o avaliar como 29,99€, ele custou-me apenas 7,99€, o que são 22€ a menos, minha gente! E para a qualidade dele, foi como se não me tivesse custado praticamente nada. O verdadeiro Negócio da China, deixem que vos diga.

Eu adoro blazers, acho-os super clássicos e cada vez mais desejo introduzi-los nos meus looks do quotidiano.

 

colete.jpg

 Zara29,99€

 

Este colete que é uma espécie de vestido está definitivamente na minha wishlist. Vou esperar que o preço dele baixe um pouquinho e vou apostar na Placard, para ver se gasto menos do dinheiro que tenho de parte. Eu acho-o tão giro e tão clássico... derreto-me!

E praticamente esta é a minha wishlist e os poucos (por agora) artigos que adquiri. O mais natural é, como eu ainda não vi grande parte dos saldos, juntar mais elementos à lista.

 

21
Jun18

O Verão ficou doente

Verão. Praia. Piscina. Sol. Calor. Férias. Eh... não mais.

Se antes uma pessoa ia à praia e à piscina numa boa, se tentava bronzear-se acabando sempre com as costas a parecer um camarão, então isso é capaz de já não acontecer mais.

Pode haver várias explicações para este fenómeno. Talvez o Verão tenha ficado doente. Pode ter apanhado uma doença crónica, ou passageira, ou então está em coma.

Por outro lado, isso não me convence lá muito. Caso contrário até a Primavera teria aparecido para o substituir, mas penso que isso não aconteceu porque também ela não apareceu no tempo dela.

Coitado do Inverno... o tempo até pode estar abafado, porque é bem verdade. Agora, ele é que praticamente anda a tentar fazer algum tempo qualquer - a chuva, por exemplo.

No entanto, as estações do ano terem ficado doentes não me convence lá muito. Também não acho que emigraram, tenho bastantes dúvidas acerca disso. Ainda assim, consigo ver outro motivo - os temerosos e desgastantes exames nacionais.

A Primavera, como reprovou no ano passado as duas fases, tirou todo o tempo que lhe competia para ir estudar para o exame de Português - que segundo o que ouvi foi a anedota mais ridícula na História dos Exames - (tenho suspeitas que ainda não foi desta que passou). Mas sem a Primavera, ainda que para muito pesar meu, a gente sobrevive. Sem Verão? Vou morrer ali ao canto, ok?

Eu acho que o Verão pensou assim "Já que tenho que ficar em casa a estudar intensivamente e não posso usufruir do sol e do calor, então mais ninguém pode!". Sempre egoísta, aquele Verão, nunca muda. Lembro-me que enquanto estudei para os exames ano passado estava um calor abrazador, mas no dia em que os fiz, estava muito incoberto e ficou assim durante uma semana inteira. Talvez seja dos exames. É mais credível.

De qualquer modo, boa sorte a todos aqueles que vão ter exames (e se ainda servir de alguma coisa àqueles que estão a fazer hoje, porque neste momento faz-se exame de Física e Química A, pelo menos). Quanto aos que já fizeram algum exame, espero que vos tenha corrido bem.

E quanto ao Verão? Espero que ele volte depois dos exames nacionais, mas não em força, caso contrário fico com problemas para respirar.

21
Jun18

Obrigada

Olá!

Decidi passar aqui para demonstrar a minha felicidade ao atingir o maior número de visualizações que alguma vez tive.

captura 21.06.18.png

 O blog ontem atingiu estes resultados, tendo vindo de quase lado nenhum. Fico muito contente que tenham visitado e espero que tenham gostado do que encontraram por cá.

Serão sempre bem-vindos para vir tomar um cházinho comigo 

E por agora, só vos tenho a dizer muito obrigada.

20
Jun18

As 10 músicas do meu Verão

Olá!

Antes de começar este post, quero agradecer ao Sapo por me ter destacado ontem (ler aqui). Apesar de não ter sido o meu primeiro destaque, fico extremamente feliz pela Equipa ter reconhecido um post da minha autoria como merecedor de tal atenção. Por isso, um grande obrigada à Equipa do Sapo Blogs e também a todos os bloggers que vieram dar o seu feedback na caixa de comentários (que eu já responderei com todo o gosto).

Agora, entrando no tema que me traz aqui. Como já toda a gente sabe, o Verão está mesmo aqui e a Primavera está a queimar os seus últimos cartuxos. Amanhã, entramos na estação mais quente do ano, que é sinónimo de calor, férias e descanso.

Como a amante de música declarada que eu sou, decidi trazer-vos um conjunto de músicas que despertam em mim a essência do Verão, e que por isso, me fazem senti-lo à flor da pele.

Poderão notar diferentes estilos de música, de diferentes épocas aqui presentes. Mas vamos lá ver se aqui alguém se identifica com a minha eleição de músicas.

 

 Esta música passa-me uma vibe tão boa. Deixa-me super feliz e animada, o que é algo que marca o meu humor nesta altura do ano. Quer dizer, tenho dias. 

 

 Eu adoro esta música do Shawn. Eu acho-a tão diferente das outras que ele tem, esta é tão chill que me lembra aquelas noites calmas perto do Rio a beber aquele copo de vinho básico (isto é o que imagino, porque eu não sou grande fã de vinho mas pronto).

 

 Música pouco conhecida de uma miúda de 13 anos pouco conhecida (pelo menos em Portugal). É da Annie Leblanc, que integra o canal de Youtube "Bratayley" que retrata a vida de uma família a partir dos seus vlogs diários. É também atriz para algumas séries do canal de Youtube "Brat". Eu adoro esta música, lembra-me aqueles passeios pelo centro da cidade que dou com boa companhia.

 

 Esta música de uma banda tão antiga - infância da geração 00's. Acho que a melodia e a letra dizem tudo. É um paraíso de verão.

 

 Descobri esta música muito tarde para fazer parte da playlist de verão de ano passado, por isso introduzo-a agora. Esta música dá-me uma vontade de dançar quase incontrolável, e eu adoro toda a vibe do French Montana, dá-me aquele chill and have fun feeling.

 

 Tal como a música anterior, só comecei a levar uma injeção na rádio de "Baby I Won't" tarde demais para inclui-la na minha playlist de verão. No entanto, faço questão de a incluir este ano. Não sei porquê, mas ritmos latinos fazem-me pensar no verão. Sou a única?

 

 Esta aqui é antiguita e passava numa novela da SIC da qual não me lembro do nome, mas sempre a achei engraçadita. Lembra-me aqueles amores de verão irreais, mas dos quais toda a gente fala.

 

 Esta música dá-me aquele surf feel. Eu penso sempre em surfistas cada vez que ouço esta música. Gosto muito do Richie Campbell (tanto que o vou ver ao vivo estas férias), só há um problema - não percebo muito do que ele diz. Eu geralmente percebo todas as letras de músicas que estejam em inglês, mas o Richie é... não consigo simplesmente.

De qualquer forma, e não desfazendo, acho que o género dele é super fixe. Reggae people!

 

 

 Acerca destas duas últimas músicas, vou aproveitar para me pronunciar um pouco sobre o Mundial, já que ainda não o fim propriamente.

Estas duas músicas, a primeira do Euro 2016, a segunda a música oficial da Seleção Portuguesa, despertam em mim aquele patriotismo que se esconde em mim e emerge de dois em dois anos.

Nunca acreditei que Portugal tivesse a capacidade de ganhar o Euro, mas ainda assim a Seleção surpreendeu-me, e com a colaboração de todos, Portugal sagrou-se campeão europeu de futebol, para grande orgulho nacional.

Agora, em pleno Mundial da Rússia, e sendo que ganhou hoje mesmo o jogo contra Marrocos, acredito em Portugal. Não acredito que irá à final (apesar de lá no fundo ter aquela esperança), mas sei que certamente jogará o suficiente para regressar a casa com orgulho. 

Acerca das músicas em si, já toda a gente entende o significado da primeira. Portugal mereceu ser campeão europeu e assim o foi, esta música ficará para a História (pelo menos enquanto a minha geração viver). 

Focando-me na segunda música... temos um Shawn Mendes a honrar as suas raízes portuguesas e a torcer pelo país que também carrega consigo, com algo inédito - cantando em português. Pelos vistos, ele está a aprender o idioma, e ainda que a pronúncia não seja 100% correta, temos que apreciar o esforço e a dedicação que mostrou.

Mas deixando o Mundial para outro post, dou por concluída a minha playlist de verão, que acabará por sofrer alterações no correr destes três meses que prometem ser os melhores de sempre (digo isto todos os anos, parece impossível. Mas no próximo ano sei que não direi, tenho a certeza absoluta disso).

 

16
Jun18

Tag | Completando a frase...

Então, hoje trago algo diferente, que confesso ser um dos meus posts favoritos de fazer e de ver, são simples, naturais, nada forçados e sempre com algum conteúdo. É sempre bom deixar as pessoas conhecerem um pouco mais de nós, não é verdade?

Assim, agradeço imenso à Sofia por me ter nomeado para responder à Tag "Completando a frase", que como o próprio nome indica é para completar frases.

Vamos lá ver em que é que isto dá, então!

 

1. Sou muito... sarcástica. Não tenho limites. Sou sarcástica com quem for, nas situações mais estúpidas e inapropriadas.

2. Não suporto... que me digam aquilo que tenho que fazer. Detesto sentir-me controlada, gosto de ter o máximo de controlo sobre a minha vida e as minhas decisões.

3. Eu nunca... tive uma relação que durasse mais que três meses. Digamos que os meus relacionamentos são um tanto ou quanto remotos. Vai e volta, you know?

4. Eu já... fiquei pendurada num penhasco. Foi na viagem de finalistas do 9º ano, acho que já dá para entender a minha aversão à natureza.

5. Quando criança... adorava esconder-me no meio das roupas. Os meus pais davam em loucos porque depois não me encontravam, e como eu via mal, nunca os encontrava.

6. Nesse exato momento... estou sentada na secretária, a escrever este post e a ver o jogo da Argentina e da Islândia. Está renhido, estou a gostar!

7. Eu morro de medo... de insetos. Eu simplesmente não suporto nenhum tipo de insetos. Moscas. Formigas. Mosquitos. Vespas. Abelhas. Tudo!

8. Eu sempre gostei de... ginástica artística. No entanto, em criança era muito medrosa, e uma autêntica bola de berlim, logo tudo o que eu fazia não era lá muito gracioso. Almost still the same.

9. Se eu pudesse... nunca teria permitido que certas pessoas ganhassem tanta importância na minha vida.

10. Fico feliz quando... entro nos blogs e leio os posts dos restantes bloggers, e também quando vejo os comentários que me deixam. Adoro desenvolver conversas com vocês, são pessoas interessantes, com as quais me agrada interagir pois são capazes de manter uma conversa.

11. Se pudesse voltar no tempo... teria respondido corretamente às perguntas do teste, porque como já fiz a correção, tiro 20 na boa. Eu sei, infantil. No entanto, é uma boa ideia.

12. Adoro... estar com as minhas amigas. Quando a squad se reúne eu fico feliz por passar tempo com elas. Por outro lado também gosto de receber mensagem de pessoas que para me importam.

13. Quero muito... ter uma média alta o suficiente para entrar na Faculdade que desejo (same as you, Sofia).

14. Eu preciso... de arrumar o meu quarto, o problema é que eu não quero.

15. Não gosto... de quem me faz sentir desconfortável ou pura e simplesmente, mal.

 

Bem, eu vou continuar a ver o jogo rodeada de lenços de papel (estou super doente), que está super interessante e eu já tenho as minhas previsões. Espero que tenham gostado desta tag e que me tenham ficado a conhecer melhor.

Ah! Não vou nomear ninguém, permito que cada um escolha se quer ou não responder. Mas vá, vou ver o jogo do Messi e do Dybala, bye!

16
Jun18

Continuação da saga da secretária...

Olá!

Posso finalmente dizer que estou de férias e que o 10º ano está lá atrás e agora é pô-lo para trás das costas. O que aconteceu, aconteceu e pronto, não e vou martirizar com nada relacionado com o assunto. Exceto com um facto um tanto ou quanto doloroso que, infelizmente, não é possível ignorar.

Anteriormente falei-vos do caos em que a minha secretária se encontra. Ela já está melhorzinha, o problema agora é outro - os livros na secretária e o armário onde tudo está "guardado" (e com isto leia-se metido para lá à sorte). E agora dizem-me "Deixa lá isso da mão, Carlota! Fechas a porta do armário e está resolvido". Eh... quem dera que assim fosse.

O meu armário é constituido por cubos, cubos esses que não têm portas, logo acho que podem calcular o quão os tenho que arrumar.

E com esta tarefa sei que demorarei dias e dias a fio, porque tenho que selecionar e separar os documentos, arquivar aquilo que for de se aproveitar, armazenar livros e arquivos no sótão... damn it, não sei o que odeio mais, acabar as aulas e ter que arrumar ou ter que arrumar enquanto estou em aulas.

Esta saga promete...

06
Jun18

A minha secretária encontra-se num verdadeiro caos

Folhas por todos os lados. Fotocópias. Fichas. Documentos. Resumos. Capas de arquivo. Cadernos. Computador. Fones. Livros. Canetas. Comprimidos Trifene (wtf? Como é que isso veio aqui parar?"). Telemóvel. Marcadores. Borracha. Lápis. Corretor. Livros. Lenços. Panos de óculos. Chaves. 

Enfim, toda uma lista de materiais em cima de uma secretária que já não vê a luz da limpeza desde semana passada e que mais parece um aterro que uma secretária. Está tão cheia que não sei para onde me virar. A roupa desarrumada está em cima da cama, porque antes estava em cima da cadeira e eu tive preguiça em arrumar e urgência em estudar e trabalhar. Ainda assim, estudo aqui só daquele que dá sono e eu vim aqui numa tentativa falhada de não adormecer, ainda que esteja praticamente a adormecer por cima do teclado.

Acho que a única solução é tomar um duche porque algo me diz que vou morrer de sono e colapsar em cima da mesa, babando todos e quaisquer apontamentos que estejam em vista. E o pior, é que logo hoje, o sol decidiu brilhar e entrar pela janela do meu quarto, o que só traz ainda mais sono.

Preciso de um banho. Definitavamente. Preciso de um banho.

05
Jun18

Adoro fazer textos de opinião

E é que adoro mesmo! São o tipo de textos mais fáceis para mim, talvez porque mal começo a escrever nunca mais consigo parar. Claro que, na situação de avaliação, mais de metade do texto acabo riscado e reescrito e riscado e reescrito...

O certo é que o meu trabalho de Português envolve a escrita de um texto de opinião acerca de um tema designado para cada aluno, no entanto, este também envolve a elaboração de um PowerPoint acerca do tema, pois o texto serve apenas como guia para a apresentação.

E é assim que se destrói a felicidade de uma aluna. Detesto PowerPoint's. Detesto elaborá-los, apresentá-los, ou recorrer a eles. Acho que são demasiado... elogiados ou que lhes dão demasiada importância (reparem na minha tentativa de justificação para não gostar do PowerPoint).

Enfim, agora tenho que ir escrever um texto de opinião sobre um tema, não fazendo a mínima ideia sobre o que fazer desse tema, ou como o moldar e transformar numa boa apresentação. É o que temos.

Vamos lá ver no que isto dá.

Pág. 1/2

Pesquisar

Sobre mim

foto do autor

Mensagens

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D