Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Chavena de Chá das Cinco

Uma chávena de chá, um prato com biscoitos e conversas intermináveis

Chavena de Chá das Cinco

Uma chávena de chá, um prato com biscoitos e conversas intermináveis

12
Fev18

É nestes momentos que sinto imensa falta do Básico

Tenho teste de Português na 5ª-feira. Tenho que estudar para Português. Preciso de estudar para Português.

Tenho um total de seis dias livres para os estudar. Sexta é dia de descanso. Sábado estava cansada. Domingo deu-me a preguiça. Hoje já vai a meio. Quarta vou sair com as minhas amigas (solteira sim, bicho do mato nunca).

Com isto tenho um total de um dia e meio, mais a noite de 4ª para 5ª (porque eu agora sou daquelas pessoas que procrastina tanto e que está tão desorganizada que os intervalos e as noites antes dos testes é que lhe valem). 

Eis um grande desafio que no Básico não tinha necessidade de enfrentar. Estudava uma hora e meia (e já era com sorte) de Português, tirava uma nota brilhante e nem tinha que me preocupar com mais nada.

Outro desafio que não tinha que enfrentar é aquela abominação de estudar nas férias. Se ainda estivesse no Básico, nunca na vida passaria pela experiência de ter teste logo no primeiro dia de aulas (também, até parece que nós, alunos aplicados que somos - só que não - vamos estudar no dia 14. Por favor, stor, é demasiado crente, só pode! Já toda a gente tem date marcado para esse dia, pelo amor à santa!).

Volta Básico, volta que sinto a tua falta (mas é só nestes momentos, we all know que o Secundário é muito, muito melhor)!

11
Fev18

"Change doesn't have to be bad or good"

Assim que pensamos numa mudança pensamos que pode ser algo mau ou bom (dependendo do nosso mindset), mas eu tenho uma opinião diferente.

O bom e o mau são contra-valores. Acredito que nada neste mundo é completamente bom, ou completamente mau. Nem sempre aquilo que nos parece 100% genuinamente bom o é, e o mesmo acontece quanto ao mau.

Ao longo da vida nós mudamos, nós crescemos e somos moldados na pessoa que estamos a ser destinados a ser. Por isso é que certas pessoas na nossa vida passam por nós, e apesar de nos marcarem, vão embora. Vão embora e não voltam nunca mais, fica apenas a memória delas e nada mais.

Todos classificamos as mudanças que sofremos ao longo da vida como sendo boas ou más, como se essa caraterização fosse algo que nos restringisse a pensar dessa forma. Se foi uma mudança boa então tendemos a ficar todos contentes acerca do assunto, se foi uma mudança má então sentimo-nos miseráveis e queremos corrigir tudo isso.

Eu penso que mudei, mas não foi uma mudança boa ou má. Se eu gosto da pessoa em que me estou a tornar? Essa é outra história, mas o importante é saber analizar aquilo em que mudei e perceber se é positivo ou negativo para mim, não para os outros.

Eu acredito que a minha mudança teve um impacto a níveis físicos e psicológicos aparentes ao público, confesso que uns não tenho problemas que sejam vistos e outros não me importei minimamente em esconder.

Tenho que aceitar quem sou e não desgosto totalmente de quem sou hoje em dia, fico hesitante com certas atitudes e caraterísiticas que possuo, mas eu não sou perfeita, e também não tenho que ser.

Com isto, eu acredito que tudo tem aspetos positivos e negativos. Nem que não sejam vistas no momento, mais tarde ou mais cedo, esses aspetos saltarão à vista. 

Faz parte de ser mulher. Crescer com as minhas ações e com aquilo que me fazem ser. Tornar-me adulta, aos poucos e poucos.

11
Fev18

Desafio 52 Semanas | Se eu fosse um super-herói...

Após uma longa semana (e atribulada) de aulas, cá estou eu para mais um desafio das 52 semanas.

Apesar de ter gostado de postar mais esta semana (pelo menos mais um post), foi mesmo impossível porque tive dois testes seguidos e ambos requeriam toda a minha dedicação. No entanto, tenho que agradecer ao Sapo por mais um destaque, que tive muita pena de não ver no próprio dia. É muito valioso para mim ver o meu trabalho recompensado.

De qualquer forma, o tema desta semana é fazermos uma lista de super poderes que gostaríamos de ter se fossemos super-heróis.

Portanto, vamos lá ver...

52 Semanas.png

 Ser capaz de voltar atrás no tempo

Talvez porque dessa forma pudesse impedir que as coisas acontecessem, visto que já sabia como tudo ia ocorrer. Era um grande poder que poderia poupar-nos a acontecimentos catastróficos.

 

Ser capaz de ouvir os batimentos cardíacos das pessoas

Esta é familiar aos fãs de Teen Wolf, mas eu acredito que seria um bom super-poder. Se eu pudesse ouvir batimentos cardíacos, eu poderia perceber quando estavam a mentir-me, o que seria bastante bom (em certos casos).

 

Lançar feitiços

Essa habilidade era algo mesmo improvável, mas eu adorava ser capaz de lançar feitiços. Não sei, devo ter andado a ver demasiada White Queen e fiquei assim... (ah, pensavam que era Harry Potter? Não vi nem pretendo ver).

 

Estar sempre maravilhosa

Este aqui sim, era uma ajuda indispensável! Já repararam que todas as super-heroínas têm a capacidade de parecerem sempre as hot girls lá do sítio? Não importa se passa uma rajada de vento, ou se lutaram contra 50 mutantes ao mesmo tempo, elas parecem sempre fantásticas na mesma! Também quero!

 

E basicamente é muito isto, não tenho grandes desejos acerca do tema, mas pronto, isto só por si chegava-me. Não precisava de voar ou correr extra depressa, bastava-me ter estas capacidades juntas com as que já tenho que eu tornava-me na grandiosa super-heroína num piscar de olhos.

Temos alguma coisa em comum?

04
Fev18

Desafio 52 Semanas | Está na minha wishlist...

Acho que todos temos aquela lista cheia de coisas que adoraríamos ter ou fazer durante a nossa vida, eu não sou exceção.

Esta semana o tema do desafio é o que está na minha wishlist, e como tal eu vou partilhar com vocês algumas coisas que adoraria fazer/ter.

 

52 Semanas.png

 

  ☆ Ir à Escócia e à Austrália

São destinos de sonho para mim. A Escócia é cheia de montanhas e é simplesmente a coisa mais linda de sempre. Lembra-me o Harry Potter (o que é curioso porque nunca vi nem nunca tive curiosidade em ver tal filme).

A Austrália é do outro lado do mundo, e acho que qualquer pessoa que vê o MasterChef Austrália e que se preze, tem o desejo de ir à Austrália. A cultura deles é simplesmente... algo que me fascina.

 

  ☆ Fazer um Erasmus

Um Erasmus é aquela coisa que não vale a pena quanto tempo passe, eu terei sempre curiosidade em fazer um. O facto de viver noutro país durante algum tempo, sozinha, atrai-me bastante. É aquela coisa, ter que aprender a desenrascar-me a ver o mundo de outra forma.

 

  ☆ Aprender alemão

Eu sou uma pessoa que adora aprender línguas novas, neste momento falo fluentemente três línguas (não considerando a quarta, que apesar de saber falar, não me sinto confortável ao fazê-lo) - o Português (óbvio), o Inglês (por vezes é dito que falo melhor inglês que português) e o Espanhol (e não, não é aquele espanhol ranhoso que todo o típico ser português tem a mania que fala. Não, eu falo mesmo espanhol de Espanha). 

Porém falo, ainda que não me sinta segura, o francês (familiares que falam e tal, só podia resultar numa pré-adolescente a começar a destrocar em francês, não é verdade?), e dou alguns toques no Italiano (insistência do meu pai, se bem que eu agradeço porque é uma língua mesmo muito linda).

Ainda assim, o alemão sempre foi aquela língua que desejava ter aprendido, mas que não aprendi (para a minha infelicidade). Mas nunca é tarde, não é verdade? Estou a tentar convencer os meus pais a inscreverem-me no Instituto... let's see what happens...

 

  ☆ Ir aos Jogos Olímpicos

Não para competir, como é óbvio. Apenas gostava de assistir e sentir a emoção ao vivo e a cores (se bem que as televisões hoje em dia também são a cores, mas achoq eu transmiti a ideia de forma eficiente).

 

  ☆ Ter uma casa em Chaves

É que vocês não fazem ideia de como eu gosto daquela terra. Penso que já mencionei o facto de passar as minhas férias, maioritariamente no Porto, sendo que uma parte pode, ou não, ser passada no Sul do país. No entanto, eu adorava ter uma casa em Chaves...

O meu pai cresceu a visitar a zona constantemente, e tal como eu é rendido ao local. Este verão visitei pela primeira vez e fiquei rendida... quem sabe não será uma futura compra a fazer um dia mais tarde...

 

E acredito que esta seja a minha wishlist essencial, é aquela que não importa quanto tempo passe, eu desejo fazer. De resto... não acho tão importante ou tão interessante de ser partilhado. Quem sabe daqui a uns tempos eu não partilhe a minha wishlist completa, com as partes fixas que podem crescer, e com aquelas que pronto são passageiras.

 

 

 

Pesquisar

Sobre mim

foto do autor

Mensagens

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D