Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Chavena de Chá das Cinco

Uma chávena de chá, um prato com biscoitos e conversas intermináveis

Chavena de Chá das Cinco

Uma chávena de chá, um prato com biscoitos e conversas intermináveis

30
Set18

#15 Carlota Isabel, mas o que vem a ser isto?

Para quem está a estudar calculo que isto seja algo com que os estudantes da Faculdade estão mais familiarizados, mas pessoalmente, e não sei se isto é transversal a toda a gente no Secundário ou até no Básico, mas eu utilizo o meu email imenso. Com isto, não falo daquele ao qual todos vocês têm acesso, até porque eu tenho outro email dedicado à escola e até mesmo a assuntos mais pessoais.

No entanto, e indo diretamente ao ponto, maior parte do meu email é composto por emails (olha só que novidade, Carlota! Obrigada por, mais uma vez, seres capaz de constatar o óbvio) com uma particularidade - assuntos que não lembram ao diabo.

Não sei se já passaram por isto, mas quando eu e os meus colegas trocamos emails que têm a ver com a escola, nunca mas NUNCA mesmo conseguimos preencher o campo do "assunto do mail" sem escrevermos coisas tão estúpidas como "és grande Rei" "Tu é que és" "Chaço de PT" "Almofada de Filosofia" "Não estou no Kasa porque..." e por aí fora. Mas a melhor parte não são os emails que troco com os meus colegas, são aqueles que troco comigo própria.

Gozem o quanto quiserem, mas eu guardo os trabalhos no mail, o que é a única razão pela qual me envio ficheiros. Só que eu também não sou alguém normal, e portanto já podem prever o que sai daqui.

Ao contrário dos meus colegas, eu não coloco assunto no email quando o envio para mim própria, mas escrevo mensagens no corpo do texto. E depois tanto podem ser mensagens obscenas que reflitam o meu estado de espírito ou podem ser mensagens motivadoras que não me façam ter vontade de atirar o computador pela janela (se bem que depende do meu mood, mas também eu nunca faria isso porque tenho demasiado amor a este conjunto de fios e ligações elétricas das quais eu não percebo patavina). Coisas que vão de "TRABALHA!""Tu consegues!""Está quase, Lotinha!", passando por coisas mais impróprias que não vou mencionar porque pronto, não é para isso que cá venho.

Enfim, só para concluir que sempre que vamos projetar algo no quadro eu coloco em congelamento, para ninguém ver as coisas que para lá escrevo, porque é cada coisa...

Alguém como eu ou sou só eu que sou mesmo bipolar?

7 comentários

Comentar post

Pesquisar

Sobre mim

foto do autor

Mensagens

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D