Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Chavena de Chá das Cinco

Uma chávena de chá, um prato com biscoitos e conversas intermináveis

Chavena de Chá das Cinco

Uma chávena de chá, um prato com biscoitos e conversas intermináveis

27
Jan18

Sessões de Sexualidade | Sim ou Não?

Carlota

Tive uma ontem e tenho umas ideias básicas acerca dela, mas sem me alongar muito na sua classificação geral: ridiculamente previsível.

Senti-me como uma criança de 5 anos a quem queriam explicar sobre aquilo que se tratava a sexualidade, mas esquecem-se que eu ouço isto desde essa idade... e eu tenho 15 anos...

Eu não compreendo a insistência dos psicólogos, eles sabem que as coisas aconteceram, acontecem e continuarão a acontecer, porque simplesmente é assim. Nós (a minha geração no geral) sabemos os riscos de mandar os típicos nudes, sabemos que a gravação de vídeos pode ser comprometedora caso se tornem públicos. Nós só não ouvimos a nossa consciência e os restantes que nos rodeiam. São opções. Aceitem isso. Querem mudar? Ok, fazem muito bem não deixarem os vossos ente-queridos envolverem-se nesses ambientes.

Agora, todos os anos encherem-nos os ouvidos com sessões destas não vão solucionar o problema, e quem pensa que bastam uns vídeos e umas palavrinhas para fazer com que as coisas mudem drasticamente é, das duas umas, ou crente ou tapadinho.

Mas respondendo à minha própria pergunta, não sou contra e não sou a favor. Se for para dar a palestra do costume a pessoas que já a sabem de cor, então não me parece nada bem porque não "chamarão ninguém à razão".

No entanto, acho importante que se fale e se expliquem as coisas, mas sem massacrar. Quando somos massacrados pior é, aconselho a nem experimentarem aí em casa... pode sair um resultado daqueles nada, nada bom.

 

P.S.: Este post é narrado numa generalidade, não focando-me em toda a gente. Há pessoas diferentes daquilo que foi aqui descrito, só precisei de expressar a ideia de forma mais drástica.

4 comentários

Comentar post

Pesquisar

Sobre mim

foto do autor

Carlota. 15 anos. Menina da cidade. Estudante do Secundário.

Sou uma rapariga sonhadora, como qualquer outra adolescente. Tenho toda uma vida cheia de objetivos e sonhos por cumprir pela frente.

Considero-me criativa e curiosa, gosto da ideia de ser autêntica.

Aspirante a escritora apaixonada por Economia e por Política, adoro dar as minhas opiniões e partilhar as minhas aventuras.

Acredito que a vida é feita de experiências e esta é uma daquelas que acompanha outras quantas que vão entrando no meu caminho.

I don't want to regret the things I didn't do. I want to wake up knowing for sure that I've done everything I wished and hoped for. Then, I can regret it

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D